Home » Entertainment » Song of the Week: Lil Wayne’s “Mona Lisa” Brings a Big Smile to Our Grills

Song of the Week: Lil Wayne’s “Mona Lisa” Brings a Big Smile to Our Grills

A cada semana , apresentamos nossa música favorita, destacamos nossas menções honrosas e envolvemos todas elas com outras recomendações da equipe em uma playlist só para você. 

Não é toda semana que uma promessa de quatro anos é mantida, então se você tem uma boca repleta de diamantes ou está apenas esperando que ninguém perceba seus aparelhos adultos Invisalign, você provavelmente foi todo sorrisos esta semana, quando Lil Wayne retornou com Tha Carter V . Embora o jogo tenha mudado sem dúvida desde o Carters anterior , Weezy não se vê perseguindo as modas da próxima geração. Em vez disso, “Mona Lisa” vê Wayne retornar (sem caneta ou bloco) a seus esquemas de rima notoriamente desafiadores, deliciosos jogos de palavras (“eu fumo cor roxa / eu estou aqui sentindo Celie”), presente humilde para a narrativa, e capacidade de cuspir bom com os outros – neste caso, o próprio rei reinante, Kendrick Lamar. É uma conta escalonada de dois lados tão quente que vai derreter todos aqueles que se congelaram criogenicamente até o próximo Carter finalmente cair.

Menções Honrosas

Sharon Van Etten – “Comeback Kid”

“Comeback Kid” tem um som direto dos anos 80, com sintetizadores pesados ​​e bateria tocando constantemente em torno do magnetismo do rock de palco da voz de Sharon Van Etten . –Laura Dzubay

Quatro Punhos – “6666”

Com uma batida nervosa e cintilante e vocais apaixonados, “6666” é um forte lançamento de Four Fists , misturando criativamente hip-hop com dance pop enquanto constrói uma firme e otimista conclusão: “Ainda não estou morto.” – Laura Dzubay

Courtney Barnett – “conversa fiada”

Courtney Barnett fica maravilhosamente farta em “Small Talk”, alternando versos irônicos e sinuosos de conversas casuais e sem sentido com um coro brincalhão que vai direto ao ponto: a sensação de estar em uma festa e apenas querer falar com aquela pessoa em o outro lado da sala. –Laura Dzubay

São Vicente – “Slow Slow Disco” Remix

Despido da voz suave e ampla de Annie Clark contra um único piano suave, “Slow Slow Disco” soa exatamente como descreve, da melhor maneira possível: “dançando com um fantasma”. –Laura Dzubay


Outras músicas que estamos girando
Joe Strummer – “London is Burning”

Não há pessoas suficientes para perceber que Joe Strummer continuou a fazer música desafiadora, eclética e inegável até o seu falecimento em 2002, e sua coleção Joe Strummer 001 deve estar ao lado dos recentes lançamentos de Tom Petty e Prince em sua lista de compras. –Matt Melis

Cat Power – “Mulher” com Lana Del Rey
O novo CD Power de Chan Marshall pode ser chamado de Wanderer , mas ela trouxe vários amigos para a jornada, e nenhum é um parceiro de viagem mais marcante do que Lana Del Rey na desafiadora smoky “Woman”. –Regan Bexler

DeM atlaS – “Can It Fall”
Enquanto continuamos a lamentar a perda de Aretha Franklin, uma cantora que poderia encher cada metro quadrado de uma sala com sua voz única , DeM atlaS nos lembra que às vezes a emoção real também pode permanecer nos cantos onde a luz mal chega. –Matt Melis

John Prine – “Acabei de ligar para dizer que te amo”
Este concurso de releitura de pessoas corta direto ao coração de “Eu Acabei de Chamar para Dizer Eu Te Amo”, permanecendo fiel à clássica balada de Stevie Wonder sem renunciar ao estilo acusticamente acústico de John Prine . –Laura Dzubay

Tom Petty e os Heartbreakers – “Eu não vou desistir” (Live at the Filmore, São Francisco, CA, 2/4/87)

No final de uma semana que marcou um ano desde o falecimento de Tom Petty , parece reconfortante lembrar a nós mesmos que, quer o nosso menino de ouro do verão esteja “bem aberto” ou tenha ficado em pé nos portões do Inferno, ele venceu não recuar – e nem devemos nós como este mundo tenta nos arrastar para baixo. –Matt Melis

A lista de reprodução desta semana

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

*
*