A contagem em Rio Branco começa com Bocalom na frente com 6,51% das pesquisas – ac24horas.com

Os dados confirmam o que se esperava de uma ausência considerável de eleitores nas urnas nestas eleições devido à nova pandemia do coronavírus. A informação é do juiz da 2ª Zona Eleitoral, Luís Gustavo Alcalde Pinto, com base na conferência das cadernetas de votação efetuadas pelos eleitores.

A baixa movimentação de pessoas nas assembleias de voto, principalmente pela manhã, foi uma das marcas da votação em Xapuri. Uma maior participação eleitoral foi observada à tarde, mas ainda abaixo do que normalmente ocorre nas eleições anteriores.

Até minutos antes do fim da votação em Xapuri, o clima estava calmo, sem registro de ocorrências ou incidentes envolvendo membros do partido ou problemas relacionados ao funcionamento da estrutura da Justiça Eleitoral, segundo informações apuradas por Ac24horas.

A movimentação de pessoas nos locais de votação também ocorreu com tranquilidade, mas com o aparecimento de multidões em alguns locais, como, principalmente, as praças Getúlio Vargas e Barão do Rio Branco, em frente à igreja de São Sebastião.

A normalidade da eleição foi confirmada pelo juiz eleitoral da 2ª Zona, Luís Gustavo Alcalde Pinto, e pelo promotor eleitoral, Juleandro Martins, que foi várias vezes visto a seguir ao desenrolar da votação nas assembleias de voto.

Em Xapuri, 11.399 eleitores puderam votar até o início das eleições, divididos em 50 seções, 43 nas áreas urbanas e 7 nas áreas rurais, localizadas em 19 locais de votação. 197 pesquisadores foram chamados para trabalhar nas eleições.

Juiz proíbe celebração pública do vencedor em Xapuri

O vencedor das eleições em Xapuri não poderá realizar festa pública, de acordo com a decisão do juiz eleitoral da 2ª Zona, Luís Gustavo Alcalde Pinto, assinada na tarde deste domingo, 15, ao considerar o pedido do Ministério Público Eleitoral.

O motivo do pedido do MPE está relacionado ao aumento dos casos de covid-19, bem como ao aumento do número de internações informadas pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesacre) nas últimas semanas.

A multa estipulada pelo magistrado por desobediência é de R $ 100 mil, cujo valor irá para o Fundo Municipal de Saúde de Xapuri e Capixaba, municípios abrangidos pela 2ª Zona Eleitoral.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *