A ilusão perdida – Política


Uma de duas coisas: ou o Brasil pode agora chamar o padre por socorro excessivo, porque o doente vai morrer em cinco minutos, ou há algo terrivelmente errado com o boletim médico sobre a saúde do paciente que não está disponível ao público. é emitido para. A inflação foi superior a 10% em 2021. O desemprego está caindo, mas ainda há mais de 13 milhões de desempregados na estrada. Os ganhos caíram. A pobreza aumentou. A economia não está crescendo nada. Não há mais um orçamento federal. O presidente é ruim. ministro de Fazenda É ruim. Outros ministros são ruins. Então, por que o paciente não morre imediatamente?

Uma das hipóteses é o mau funcionamento de algo que poderia ser chamado de sistema nacional de informação econômica; É aqui que qualquer pessoa interessada em questões populacionais, ou vida pública, recebe notícias sobre a economia do país. Este mecanismo é conhecido por válvula incorreta. É natural. Os jornalistas, quando têm algo a dizer sobre isso, recorrem aos economistas, que como jornalistas sabem pouco do que está acontecendo, mas como eles, aqueles que não sabem de economia ou de qualquer outro assunto. eles são completamente seguros. As perguntas que fazem e as respostas que dão como resultado de sua crença satisfazem os desejos do povo e, se não coincidem com a realidade, pior para a realidade e pior para o público pagante.

Como se vê agora, o sórdido atropelado pela inflação é um caso claro de diagnóstico que não corresponde à doença. É como se o Brasil estivesse fora do sistema solar. A inflação nos Estados Unidos ficou em 7% em 2021, o pior resultado em 40 anos. Se a inflação dos EUA fosse de 7%, quanto os economistas acham que o Brasil deveria ser? A inflação nos países ricos em geral, medida pela OCDE como um todo, ficou um pouco abaixo de 6%. Você pode comparar as economias dos Estados Unidos, Europa e Japão com as economias do Brasil, em termos de tamanho, organização e qualidade, o ruim? Se estão ruins, depois de dois anos de destruição econômica por causa da Covid e seu “fique em casa”, por que o Brasil vai se sair bem?

Não é só inflação. A conta pública de 2021, que, por decisão do “sistema”, deve ter déficit de “R$ 250 bilhões”, teve saldo entre R$ 20 bilhões e R$ 40 bilhões. O Brasil passou o ano passado no mesmo patamar de antes da pandemia; Ninguém conseguiu algo assim. O país está em apuros? Sim, mas pensar que só o governo tem algo a ver com isso é uma ilusão perdida.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.