A MEI poderá pagar uma contribuição mensal com o PIX; Aprenda como fazer

PIX agora será oferecido com uma nova opção para você microempreendedores individuais (MEI) Efetuar o recolhimento do DAS (Documento Nacional de Arrecadação do Simples). O Tesouro Federal informou que as contas mensais poderão ser pagas em breve por meio da ferramenta.

A previsão da Receita Federal é que a alternativa esteja disponível em janeiro de 2021, assim que forem feitas as atualizações necessárias.

Quer saber mais e descobrir com um MEI que pode liquidar seu DAS com o PIX? Então veja o texto abaixo e saiba tudo sobre essa novidade.

Entenda o PIX

A funcionalidade lançada em novembro pelo Banco Central, uma novidade no segmento de pagamentos ou transferências, ainda é desconhecida ou pouco compreendida por muitos. É uma forma de efetuar pagamentos instantaneamente, a um custo muito inferior às modalidades já consolidadas no mercado.

OU Pix permite ao usuário fazer transações financeiras de forma rápida e fácil, usando apenas um dispositivo móvel.
Primeiramente, é necessário cadastrar suas chaves nos aplicativos bancários, e em breve será possível movimentar valores e efetuar o pagamento de contas.

As principais opções que podem ser cadastradas são: CPF ou CNPJ, número de celular, e-mail e seqüência aleatória (EVP).

O valor compensa quase que imediatamente, oferecendo mais segurança, facilidade e agilidade aos clientes de instituições financeiras.

Muitos bancos já aderiram à funcionalidade que permite ao MEI quitar o Documento de Arrecadação da Receita Federal (Darf). Com o sucesso da iniciativa, a Receita Federal anunciou em dezembro que permitirá o pagamento do Documento de Coleta eSocial (DAE) por meio do Pix, via QR Code.

Pagamentos com código QR

Além de microempreendedores individuais (MEI) Microempresas (ME) e Pequenas Empresas (EPP) também podem optar por pagar o DAS via QR Code via Pix.

Afinal, como funciona o código QR? Na prática, o pagamento por meio desta opção pode ser feito de duas formas, que variam de acordo com a forma como foi gerado. Eles são:

  • Código QR estático: o código pode ser utilizado em diversas transações, desde que tenham o mesmo valor ou dados de recebimento;
  • Código QR dinâmico: o código é único para cada transação, com valores e dados diferentes.

Valores DAS MEI atualizados

O microempreendedor pode emitir seu guia no Portal do Empreendedor para pagamento de sua taxa de acordo com os valores abaixo, referidos a dezembro de 2020:

  • R $ 52,25 para atividades predominantes de aluguel de bens próprios (não inclui ISS ou ICMS);
  • R $ 53,25 para atividades de produção ou revenda de mercadorias (inclui ICMS);
  • R $ 57,25 para as atividades de prestação de serviços, exceto arrendamento de bens próprios;
  • R $ 58,25 para atividades mistas que incluem comercialização de produtos ou prestação de serviços (com ISS e ICMS).

Benefícios

Quem optar por fazer seus pagamentos com Pix terá a enorme vantagem de que o valor cai ao mesmo tempo, ou seja, a transação é realizada em tempo real. Assim, tanto quem paga quanto quem recebe são avisados ​​do pagamento ao mesmo tempo, gerando maior segurança e agilidade na operação.

Este é um benefício da ferramenta que tem agradado a muitos usuários que precisam receber ou enviar dinheiro sem perder tempo.

Mais do que isso, a MEI também poderá receber produtos e serviços, sendo o pagamento efectuado sem intermediação, directamente entre o pagador e o destinatário. Com o Pix, o microempreendedor individual terá os mesmos benefícios já disponíveis e também poderá pagar funcionários e impostos instantaneamente.

Consulte Mais informação: MEI: Conheça zero modelos de carros com até 30% de desconto

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *