A variante Omicron estava na Europa antes da África do Sul dar o alerta?

Autoridades de saúde na Holanda seguem o rastro de dois casos positivos de Covid-19 que foram detectados nos últimos 19 e 23 de novembro e suporiam que a Variante Omicron eu estava na europa antes que a África do Sul alertasse sobre sua existência.

O exposto acima significaria que a variante Omicron já estava circulando no país europeu, pelo menos uma semana antes que as autoridades de saúde sul-africanas alertaram a Organização Mundial da Saúde (OMS).

A variante Omicron estava na Europa?

O anúncio fez com que as autoridades holandesas rastreassem se a variante Omicron, com um aparente maior transmissibilidade Em comparação com outras variantes do SARS-CoV-2, ele se espalhou rapidamente pela região.

o Instituto Holandês de Saúde e Meio Ambiente (RIVM) “detectou a variante Ómicron em dois testes realizados no país nos dias 19 e 23 de novembro”, declarou a autoridade sanitária em nota.

Até agora pensava-se que os primeiros casos de Ómicron na Holanda foram os 14 positivos que alcançaram Amsterdam em dois voos da África do Sul na sexta-feira, 26 de novembro.

Infográfico: (revisão técnica)

Os dois contágios de coronavírus conhecido na terça-feira, portanto, ocorreu antes que a África do Sul informasse a OMS, em 24 de novembro, da descoberta da nova cepa, chamada Ómicron e considerada “preocupante”.

O que se sabe até agora é que a primeira infecção com a variante Omicron, confirmado, foi coletado em 9 de novembro por último, enquanto a primeira sequência pública da nova variante foi obtida de uma amostra coletada em 11 de novembro.

Na trilha de Ómicron na Europa

“Ainda não está claro se os infectados estiveram na África Austral”, disse o RIVM, que informou os envolvidos e acrescentou que os serviços municipais procuram possíveis contactos.

“Serão realizados estudos para conhecer a distribuição da variante Omicron na Holanda“Explicou esse instituto, que vai reexaminar as amostras antes da busca pela cepa.

Com 16 casos confirmados, o país é um dos que apresentam maior número de infectados pela Ómicron na Europa.

Os 14 casos que chegaram a Amsterdã na terça-feira estão atualmente em quarentena.

Ómicron no mundo

Além dos casos detectados na Holanda, a variante Omicron foi detectada na África do Sul, Austrália, Bélgica, Botswana, Grã-Bretanha, Dinamarca, Alemanha, Hong Kong, Israel, Itália, França, Canadá, Portugal, Áustria e Espanha.

A variante Omicron foi classificada como “preocupante” pela OMS por acumular mais de 60 mutações.

Destes existem entre 45 e 52 mutações identificadas no genoma do vírus, embora existam entre 26 e 32 que afetam o gene de proteína de pico.

Essas mutações são particularmente perigoso porque podem estar associados a um potencial escape imunológico e maior transmissibilidade.

(Com informações da AFP)

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *