Adiar as eleições é um “risco institucional muito grande”, diz Maia.

JBr.

O prefeito Rodrigo Maia (DEM-RJ) afirmou nesta sexta-feira (27) que adiar as eleições municipais agendadas para outubro deste ano não é uma questão simples diante da crise causada pelo novo coronavírus. Segundo ele, haveria “um grande risco institucional” em adiar a eleição.

“Quem assumiria os municípios seria o juiz, não o prefeito”, afirmou. Maia destacou que a população “vota por quatro anos e não por seis anos”. “Isso deve ser respeitado, na minha opinião”, afirmou.

Para o prefeito, o importante é se concentrar nas medidas atuais para combater o novo coronavírus e planejar o período pós-crise. “Nós cuidaremos dos dois (próximos) meses, garantiremos previsibilidade, estabeleceremos um plano para depois desse momento muito agudo, para que possamos colocar dinheiro para que o setor produtivo comece a produzir novamente”, defendeu.

Segundo Maia, uma vez que o dinheiro público é injetado e a população é gradualmente liberada do estado de isolamento, será possível retomar a economia e pensar nas eleições. “Acho que teremos condições (após a retomada) para realizar eleições dentro de 30, 40 dias”, acrescentou o MP.

Status do conteúdo

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.