Albon perdendo seu Red Bull mostra como a F1 pode ser cruel

Lando Norris prevê que Alexander Albon “lutará” depois de perder sua corrida de Fórmula 1 para a Red Bull no ano passado.

“Eu avalio Alex muito bem e o respeito muito e é uma pena que ele tenha perdido o ímpeto”, disse Norris durante o evento de lançamento da McLaren em resposta a uma pergunta do RaceFans. “Mas tenho certeza que ele lutará e tentará voltar à Fórmula 1 no futuro.”

A dupla fez sua estreia no Grand Prix em 2019 depois de competir juntos na Fórmula 2. Norris disse que a decisão da Red Bull de deixar Albon no ano passado mostrou que a F1 pode ser um “mundo cruel” para os pilotos.

“Sou um bom amigo de Alex, ele é um bom amigo meu”, disse Norris. “Nós nos damos muito bem. Temos boas conversas e assim por diante.

“Eu realmente não falei com ele, para ser honesto, muito sobre o que está acontecendo ou coisas assim. Lamento um pouco porque sei que ele é um piloto muito bom e duro.

“Isso realmente destaca o quão difícil é a Fórmula 1 que você pode ser um piloto extremamente bom e vencer quase todos que já competiu em todas as categorias. Mas você chega à Fórmula 1 e fica um pouco mais competitivo. Às vezes é um mundo cruel. Pode terminar quase tão rápido quanto começou. “

Norris, entrando em sua terceira temporada na Fórmula 1, se junta a um novo companheiro de equipe Daniel Ricciardo na McLaren este ano. Norris alcançou seu primeiro pódio em 2020 e está confiante de que sua equipe verá o progresso que ele fez desde sua estreia.

Norris ficou em quinto lugar atrás de Albon no final da temporada

“Eu faço o melhor que posso e as pessoas que podem saber disso, mais do que ninguém, são as pessoas com quem trabalho. Meus engenheiros, gerentes, quem quer que seja, eles sabem o esforço e o tempo gasto e basicamente no que sou bom o suficiente e no que não sou bom o suficiente.

“Às vezes é difícil para outras pessoas saberem, sejam pessoas que apenas assistem TV, é muito fácil obter diferentes perspectivas ou coisas que você acha que alguém não está indo bem o suficiente, quando você nem sempre sabe por quê.

“No ano passado fiquei muito feliz com a forma como o fiz. Havia coisas que ele poderia melhorar, mas no geral, foi uma temporada muito melhor em comparação com o primeiro ano. Houve certas partes da temporada em que eles foram particularmente bons, um deles foi a última corrida, por exemplo.

“Estou muito feliz, mas sei que tenho coisas para trabalhar e para melhorar e isso só vai me ajudar e me motivar a continuar melhorando. Também trabalhar junto com Daniel vai me ajudar a me tornar um motorista melhor. “

Anúncio | Torne-se um apoiador do RaceFans e livre de anúncios

Temporada de 2021 F1

Procure todos os itens da temporada de 2021 F1

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *