Ampliar já? Jogo Red Dead Redemption é o novo encontro favorito on-line – 22/05/2020

Existe uma empresa que usa o jogo Red Dead Redemption II online para realizar reuniões. É o caso de Viviane Schwarz, autora inglesa de livros, jogos e quadrinhos, e sua equipe editorial.

Seu testemunho chamou a atenção nesta semana, quando ela postou sobre a experiência no Twitter.

Muito mais divertido e inspirador discutir em torno da fogueira, no meio da floresta, do que olhar várias praças com os rostos dos colegas atacados pela falta de boa iluminação.

“O cenário é incrível para você andar e conversar, e se qualquer outro grupo atacar, eles terão apenas cinco minutos para lutar com você, o que é uma pausa para o chá …”, escreveu Schwarz.

No entanto, esses jogos online permitem mais do que apenas sentar e conversar.

Eu me pergunto se, em uma situação de ambiente virtual, uma surra de seu chefe ou um tiro no vento do sujeito seriam motivos de demissão por justa causa.

Exagerei, é claro, mas a provocação é válida. O rótulo do mundo físico é válido para o mundo virtual, mas a representação dos avatares em um mundo fictício torna essa questão mais nebulosa.

Imagine situações menos radicais.

Um cara hetero cujo avatar é uma drag queen de desenho animado pode ser considerado homofóbico?

E o código de vestimenta? Estamos passando por uma evolução em que a rigidez de certas empresas tem sido questionada. Mas os limites permanecem subjetivos. Enquanto algumas empresas entendem que o casual não usa gravata, outras permitem shorts e regatas.

É claro que na maioria deles não seria bom você fazer uma conferência sem camisa, mas haveria limites no mundo virtual?

Seria senso comum abstrair qualquer representação? Faça este exercício, envie esta pergunta aos seus colegas e veja se todos concordam.

A discussão sobre o que é frescura e o que é sério cresceu muito nos últimos anos. Enquanto alguns criticam o politicamente correto, outros apontam para a necessidade de acabar com atos e expressões de origem homofóbica ou prejudicial. Por outro lado, totalitarismo e liberdade de expressão conflitam.

À medida que evoluímos, a discussão é necessária e não fácil. E isso se tornará cada vez mais complexo nos próximos anos.

You May Also Like

About the Author: Francisca

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *