Anderson Berinja dá aulas de solo e finaliza Martin Day no primeiro round do UFC Smith x Clark | combate

Depois de um ano difícil, com lesão no ligamento do ombro e contratado a Covid-19, o brasileiro peso galo Anderson Berinja precisava de uma boa notícia e chegou da melhor maneira: com sua primeira vitória no UFC, contra o americano. Martin Day e por submissão. Com atuação confiante, Berinja mostrou que seu jiu-jitsu precisa ser respeitado e, com uma guilhotina aos 4:35 do primeiro assalto, despachou seu rival, e foi profundamente comovido no octógono até as lágrimas.

Anderson Berinja Martin Day UFC Smith x Clark – Foto: Getty Images

– Isto é maravilhoso. Eu precisava muito dessa vitória, porque não foi um ano fácil. Vim aqui para jogar meu jiu-jitsu. Respeite o jiu-jitsu brasileiro. Estou sempre preparado para tudo. Minhas pernas deram errado, deixando meu pescoço exposto por uma faixa preta. Claro que estaria terminado. Eu venho de uma lesão grave, Covid, e fiquei um ano e meio. Agora quero lutar daqui a uma semana, um mês. Basta ligar – disse Berinja após a luta.

A luta começou com Berinja e Day trocando chutes baixos. Mais agressivo na luta, o brasileiro acertou um forehand direito que sacudiu o americano. Melhor na luta, Berinja fechou a distância e dominou as costas de Day contra o grid, tentando derrubá-lo. O americano resistiu, mas acabou sendo jogado na tela. Acima da meia-guarda, Berinja passou a guarda para a posição de 100kg e mesmo depois de ser levantado e derrubado por Day, colocou uma bela guilhotina, encerrando a luta e ainda vibrando fortemente no chão.

Gina Mazany vence a guerra contra Rachael Ostovich

Gina Mazany tira a foto que derrubou Rachael Ostovich no UFC Smith x Clark – Foto: Getty Images

Uma verdadeira guerra. É assim que você define a luta entre o peso mosca Gina Mazany e Rachael Ostovich. Com mais recursos na luta corpo a corpo e melhor preparação física, o Mazany dominou os dois primeiros rounds, chegando bem perto de finalizar a luta no chão – Ostovich se livrou de uma guilhotina mostrando uma flexibilidade incrível. Já na terceira, aproveitando o cansaço do rival, Mazany acertou bons golpes, inclusive um chute na cintura, e conseguiu nocaute técnico aos 4:10 da luta.

Seu Mudaerji devasta Malcolm Gordon em 44 segundos

Seu Mudaerji dá o golpe que derrubou Malcolm Gordon no UFC Smith x Clark – Foto: Getty Images

Com um desempenho devastador, o peso mosca tibetano Su Mudaerji esmagou o canadense Malcolm Gordon em apenas 44 segundos de luta no primeiro assalto. Mostrando grande precisão nos golpes e usando sua maior envergadura, Mudaerji puniu Gordon desde o início da luta, e nocauteou com um chute de longe, que nocauteou o rival. Após alguns golpes no chão, o árbitro Dan Miragliotta foi forçado a encerrar a disputa.

Nate Maness vira e subjuga Luke Sanders

Nate Maness termina Luke Sanders, não UFC Smith x Clark – Foto: Getty Images

A luta de abertura do evento contou com uma reviravolta espetacular do peso galo Nate Maness em Luke Sanders. Após ser punido no primeiro round e correr o risco de ser nocauteado no início do segundo round, Maness conseguiu acertar uma direita em Sanders de longa distância, aproveitando sua maior envergadura, e aproveitando o fato do adversário ter sido abalado mesmo depois de se levantar para derrubá-lo e acertar um mata-leão, encerrando a luta de forma espetacular aos 2:29 do segundo round.

Confira todos os resultados do evento:

Assine o Combat Play e assista o Combat em qualquer lugar

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *