Ao vivo: o blog fala exclusivamente com o chefe de combate da Covid no Rio

Cidades Mais Inteligentes

Os centros de operações em todo o mundo provaram ser eficientes não apenas para auxiliar a administração municipal e integrar várias agências em um único ambiente, mas também para permitir que medidas sejam tomadas rapidamente para corrigir falhas ou situações que ocorrem na cidade.

Durante esta grande crise de covid-1945 cidades em todo o mundo que já possuíam centros de operações estão usando essa estrutura para apoiar a batalha contra a pandemia. Como as instalações dos centros já foram planejadas com tecnologia, não foi difícil transformar as atividades realizadas anteriormente em ações mais relevantes para o cenário atual. Em dias e horas, as cidades começaram a monitorar as instalações em quarentena, fornecendo acesso wifi Aqueles que estão isolados monitoram pacientes suspeitos e pessoas com quem entraram em contato e realizam atividades comuns, como monitoramento de estradas e tráfego.

De acordo com o relatório do Boston Consulting Group (BCG), que tem diretrizes para os governos superarem a crise da covid-19, existem sete módulos que as cidades devem seguir: prevenção, testes e quarentena, tratamento, apoio social, comunicação, economia e governança. , o último onde os Centros se encaixam.

O Rio de Janeiro, que optou por seguir as diretrizes do BCG, converteu seu centro de operações (COR) em uma análise centralizada dos dados para apoiar a tomada de decisão e a alocação de esforços. Essa mudança levou a cidade a fornecer informações em tempo real sobre o número de casos confirmados, recuperações e mortes pela doença, seguindo o modelo adotado pela Johns Hopkins University nos Estados Unidos.

Continuando com as entrevistas ao vivo com organizações no Brasil que estão ajudando a sociedade de alguma forma neste momento de crise, nesta terça-feira (14), às 16 horas, falarei com o CEO do COR, Centro de Operações e Comando do Rio. de janeiro. Janeiro, Alexandre Cardeman, sobre o grande desafio de gerenciar a maior sala de controle da América Latina. Com uma operação conjunta de 31 departamentos municipais e concessionárias de serviço público, mais de 500 profissionais se revezam 24 horas por dia, sete dias por semana, para atuar em emergências e em uma das capitais mais afetadas pelo pandemia.

Deixe-o já marcado em sua agenda e participe de nossa discussão ao vivo. Não te percas Link para viver no Facebook.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *