Após 5 lesões, meia mudança de gol por sequência de jogo no Cruzeiro – 11/02/2016

Aos 22 anos, o meia Alisson ainda é tratado como uma das grandes promessas da equipe do Cruzeiro. Revelado no próprio clube, o jogador já tem dois títulos brasileiros em sua bagagem e passa pelas equipes brasileiras de base. Mas quem pensa que a maior intenção da criança para 2016 é atingir uma meta ou frequência está errado. Embora ele tenha começado o ano com o pé direito, equilibrar as redes não será seu objetivo principal. Depois de sofrer cinco lesões no ano passado, o primeiro objetivo de Alisson será passar a nova temporada sem medo.

“Meu objetivo especial é conseguir o maior número possível de jogos. Esqueça o que aconteceu comigo nos últimos anos. Ele está tendo uma sequência na Primeira Liga, no Campeonato Mineiro e depois no Campeonato Brasileiro. Ter uma sequência de jogos e talvez terminar o ano com mais de dez gols “, afirmou o jogador.

Enquanto estava em campo, Alisson recebeu elogios na última temporada. Cenário perfeito para o jogador, se não fosse pelas lesões que o levaram de quase metade dos jogos. Ao longo de oito meses, o meio-campista se machucou cinco vezes, três deles na coxa esquerda. Por esse motivo, a atual temporada começa com ânimos renovados, começando com o treinamento realizado com o grupo, algo raro nos últimos anos em que ele compareceu ao departamento médico.

“Estou trabalhando para isso e estou sendo recompensado. Sei que ainda tenho muito a melhorar, mas estou feliz, desde que no ano passado cheguei à pré-temporada e me machuquei. Agora este ano marquei dois gols. Estou muito feliz e espero que 2016 é melhor que nos últimos anos “, afirmou o jogador, que já marcou em jogos contra o Tombense, pelo estado, e contra o Criciúma, pela Primeira Liga.

Dos 63 jogos oficiais do ano passado, Alisson entrou em campo 29 vezes, correspondendo a 46%, marcando cinco gols e seis assistências. Apesar do início ainda curto de 2016, o jogador se estabeleceu no elenco inicial de Deivid e é um dos pilares do quarteto ofensivo da equipe. Uma eventual sequência de jogos poderia ajudar Alisson a realizar outro sonho em sua carreira ainda curta. Se conseguir manter o futebol até agosto, o garoto tem uma chance real de começar o segundo semestre lembrado por Dunga e ganhar um lugar para as Olimpíadas no Rio de Janeiro.

You May Also Like

About the Author: Manoel Menezes Kimura

"Analista hardcore. Viciado em Twitter. Comunicador. Jogador sutilmente encantador. Fã de bacon. Fanático por álcool irritantemente humilde."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *