Após reclamação sobre o servidor, Saúde-DF abre investigação

Um relatório exclusivo de Jornal de Brasília, publicado nesta quarta-feira (25), mostrou que uma funcionária do Departamento de Saúde do Distrito Federal foi vista trabalhando em escritório particular enquanto estava certificada. Cheio de gente na Farmácia Central do DF, o técnico em higiene dental apresentou atestado médico válido de 27 de fevereiro a 31 de março. Em 16 de março, ela foi vista em uma clínica odontológica em Guará.

Após a publicação, o Departamento de Saúde investigará a suposta ofensa disciplinar. “Se a infração for comprovada, o processo será julgado e poderá chegar a uma sentença máxima, cuja competência é o secretário geral de controle do Distrito Federal”, indica a pasta, em nota. O secretário a quem o texto se refere é Paulo Wanderson Moreira Martins, que trabalha em Transparência e luta contra a corrupção da Controladoria Geral do Distrito Federal (CGDF).

Conforme solicitado pelo relatório, o servidor preferiu não falar. “Não tenho nada a declarar sobre esse assunto”, disse ele. A Farmácia Central, onde funciona a técnica de higiene dental, não havia respondido aos contatos até a última atualização do relatório.

Vídeo

Os vídeos obtidos pela JBr demonstram que o servidor esteve no escritório durante o período de certificação. Ela foi vista chegando ao escritório às 13h57 do dia 16 de março. Veja:

Em outros dois vídeos, o servidor é visto dentro do escritório, vestindo jaleco, boné, máscara e sapatos de proteção:

O documento a seguir mostra que o servidor foi certificado em 16 de março:

You May Also Like

About the Author: Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *