aprender a revisar trabalhos acadêmicos

Muitas vezes, ao escrever um artigo acadêmico, é difícil saber quando a citação ou referência usada pode se tornar uma cópia da criação de outra pessoa, incorrendo em plágio, o que é considerado um ofensa de direitos autorais no Brasil.

Nesta semana, um possível caso de plágio relacionado à dissertação de mestrado de Kassio Nunes Marques, O candidato do presidente Jair Bolsonaro a uma futura vaga no Supremo Tribunal Federal (STF), reacendeu essa preocupação entre os estudantes. Mas a tecnologia pode ajudar aqueles que não querem ser acusados ​​de nada: vários sites e softwares detector de plágio.

Mas o que é considerado plágio?

De acordo com a lei de direitos autorais em vigor no Brasil hoje, é considerado plágio:

– Citar trabalho de outra pessoa no texto, sem citar a fonte;

– Parafrasear o trabalho escrito por outra pessoa, mudando algumas das palavras.

– Use as idéias de outra pessoa sem consultar o autor.

– Copie e cole um texto da Internet e apresente-o como seu

Como funcionam esses serviços de detecção de plágio?

A maioria dos serviços está disponível em sites online ou em software que pode ser baixado para um computador. A maioria deles possui um sistema operacional muito simples: partindo de um texto selecionado pelo usuário, eles pesquisam na Internet e em repositórios de arquivos para saber se o mesmo texto foi escrito anteriormente.

É um sistema que serve principalmente para detectar o primeiro caso de plágio mencionado acima, com uma cópia exata das palavras. Para capturar paráfrases ou raciocínios semelhantes, você precisa de um sistema de aprendizado de máquina e processamento de linguagem, capaz de entender construções e sinônimos semelhantes, que é muito mais avançado e requer muito mais processamento.

Você pode confiar nesses serviços de detecção de plágio?

Se sua intenção é verificar se um trabalho foi copiado diretamente da internet ou se você cita o trabalho de um artigo publicado anteriormente, este software fará o trabalho.

Se a ideia é entender se houve uma paráfrase ou utilização de ideias alheias – a famosa “copia, mas não faz o mesmo” -, é necessário verificar os detalhes de cada serviço.

Detectores de plágio grátis

Plagiarisma.net

Com suporte para mais de 190 idiomas, o Plagiarisma.net permite ao usuário colar o texto, uma URL ou um arquivo do Google Drive para verificar se há plágio na rede. É gratuito e suporta não apenas arquivos de texto, mas também planilhas e arquivos de apresentação, além do epub, formato usado para e-books.

carreira

Plagium é um site gratuito que faz a varredura na Internet em busca de trechos semelhantes ao trabalho original. Tem resultados instantâneos e traz como diferencial uma linha do tempo, que permite saber quando cada exemplar foi publicado na rede.

CopySpider

Criado no Brasil, o programa livre Possui um sistema simples e pode ser utilizado tanto em português quanto em inglês. O CopySpider também permite que o usuário escolha o nível de rigor que deseja executar em sua pesquisa.

Detectores de plágio pagos

Verifique Plagiarism.net

Disponível na Internet, o sistema Forma de pagamento Check for Plagiarism.net tem a capacidade de verificar vários arquivos e escanear não só a Internet, mas também artigos científicos, revistas e jornais, que muitas vezes têm acesso pago. Você precisa se registrar.

Entregar

Turn It In, uma das plataformas mais populares para artigos acadêmicos, usa uma base de 60 bilhões de sites, 600 milhões de artigos escolares e 150 milhões de artigos científicos para fazer suas comparações. Está disponível em português e também funciona em celulares e tablets, mas é pago.

AntiPlagiarist e AntiCutandPaste

Desenvolvidos pela mesma empresa, os dois serviços permitem a verificação de cópias de várias formas. O primeiro é mais adequado para trabalhos acadêmicos e permite verificar vários documentos ao mesmo tempo, em formatos como Word, PDF, HTML e RTF. O segundo é utilizado para verificar trechos nos quais o código de programação foi copiado, colado e alterado, para linguagens como C ++, Java, Visual Basic, Delphi, entre outras. Ambos podem ser baixados para Windows e Linus e têm versões de avaliação gratuitas. A versão pagamento Taxa de antiplagiar US $ 10; para fazer o AntiCutandPast, US $ 20.

Veja também:

Veja como Bixby, assistente de voz da Samsung, funciona

  • separador

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *