Arsenal ataca importante membro do PSG após a demissão de Thomas Tuchel | Esporte Futebol

O Arsenal contratou Bruno Mazziotti como parte de sua equipe médica poucos dias depois de Thomas Tuchel ser demitido do Paris St-Germain, onde trabalhava. O diretor técnico dos artilheiros, Edu, foi fundamental na nomeação, pois conhecia o fisioterapeuta de sua época como integrante da administração da Seleção Brasileira. Mazziotti tem experiência no Real Madrid e no AC Milan como parte de uma carreira notável.

O Arsenal recrutou Mazziotti para se juntar à sua equipe médica nos Emirados, em uma mudança na qual estão trabalhando desde junho.

O jovem de 42 anos é um dos médicos mais respeitados em sua profissão e representa um verdadeiro golpe para os Gunners, que tiveram seus problemas com lesões ao longo dos anos.

Edu foi fundamental para a negociação e está próximo de Mazziotti por conta de sua passagem pela Seleção Brasileira, além de ter se apresentado pela primeira vez no Corinthians.

O chefe do Arsenal está interessado em levar o fisioterapeuta para o norte de Londres desde o verão, quando foi feito o primeiro contato.

Mas com a demissão de Tuchel do PSG, Mazziotti é outra saída de destaque do Parc des Princes.

Um acordo foi alcançado com ele em setembro, mas os últimos meses foram gastos trabalhando em um pacote de indenização do campeão francês.

Ele se juntará a Gary O’Driscoll para chefiar o departamento médico do Arsenal.

O brasileiro também deve substituir Chris Morgan, que voltou para o Liverpool como fisioterapeuta titular quatro anos depois de deixar o Reds.

O’Driscoll também estava prestes a partir com uma mudança disputada para Anfield, mas os Gunners o convenceram a ficar.

E com Mazziotti na folha de pagamento, o Arsenal agora tem uma equipe médica em pleno funcionamento e com muita experiência.

Ele apareceu para confirmar a mudança para Londres em seu Instagram, onde listou o Arsenal como seu local de trabalho.

Além do PSG e agora do Arsenal, Mazziotti trabalhou para o Real Madrid e AC Milan e é bem conhecido em seu campo.

Enquanto isso, os Gunners venceram sua primeira partida da Premier League desde 1º de novembro, quando derrotaram o rival londrino Chelsea no Boxing Day.

Com Mikel Arteta sob pressão crescente, ele usou suas estrelas mais jovens sobre suas cabeças experientes com Bukayo Saka, Gabriel Martinelli e Emile Smith Rowe brilhando.

David Luiz, Willian e Pierre-Emerick Aubameyang estiveram ausentes, com apenas este último a ocupar um lugar no banco, com Alexandre Lacazette, Granit Xhaka e Saka a abrirem a vantagem na vitória por 3-1 sobre os Blues.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *