Ataque terrorista em Viena deixou quatro vítimas e um agressor morto | Mundo

“Infelizmente, uma pessoa morreu no hospital. Até agora, o saldo são dois homens e duas mulheres mortos”, disse um porta-voz do ministério.

O primeiro-ministro Sebastian Kurz classificou a ação como um ataque terrorista.

Um dos agressores morreu. Ele tinha um rifle automático e vestia um colete à prova de balas falso. Segundo o redator-chefe do jornal “Falter”, o homem tinha 20 anos e era de origem albanesa. Seu nome oculto. Ele estava em uma lista de 90 extremistas austríacos que pretendiam viajar para a Síria. O atirador simpatizou com o grupo do Estado Islâmico, de acordo com o ministro do Interior, Karl Nehammer.

Tiroteios na rua da sinagoga

As filmagens começaram por volta das 20h (16h em Brasília) perto de uma rua que tem sinagoga e vários bares (leia mais no final da reportagem). A polícia disse que os tiroteios ocorreram em seis locais diferentes.

De acordo com as autoridades locais, os criminosos estavam armados com rifles.

O Ministério do Interior disse que pelo menos uma pessoa foi presa e que um dos perpetradores está foragido.

De acordo com o prefeito Michael Ludwig, 14 feridos precisam de assistência nos hospitais da cidade e sete deles estão em estado grave.

Nas redes sociais, a polícia de Viena pediu às pessoas que ficassem em casa. O sistema de transporte público foi interrompido e não haverá aulas na terça-feira.

“Trouxemos várias unidades de forças especiais que agora procuram suspeitos de terrorismo. Portanto, não vou limitar [as áreas de busca] apenas para Viena, porque são criminosos móveis “, disse ele.

Policiais bloqueiam a rua perto de Schwedenplatz após um tiroteio em Viena na noite de segunda-feira. – Foto: REUTERS / Lisi Niesner

‘Ataque terrorista repulsivo’

Nas redes sociais, o primeiro-ministro Kurz disse que o país passou por “tempos difíceis”. “Nossa polícia tomará medidas importantes contra os criminosos que participaram desse hediondo ataque terrorista”, escreveu ele.

O primeiro-ministro também anunciou que as Forças Armadas austríacas substituirão a Polícia de Viena na proteção do patrimônio. “Todo o país pensa nas vítimas, nos feridos e nas suas famílias, a quem expresso as minhas mais profundas condolências”, completa a mensagem.

O motivo do ataque ainda não é conhecido e se está relacionado com outros ataques recentes, como os da França: na semana passada, Três pessoas foram mortas em uma ação terrorista em Nice..

De acordo com a France Presse, a vizinha República Tcheca iniciará os controles de fronteira com a Áustria para ajudar nas investigações.

MAP – Tiroteios perto da sinagoga de Viena – Foto: G1 Mundo

You May Also Like

About the Author: Edson Moreira Bezerra

"Zombieaholic. Amadores de comida amadora. Estudioso de cerveja. Especialista em extremo twitter."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *