Até os aliados do Planalto criticam Bolsonaro e citam a sucessão de erros.

JBr.

O comportamento do presidente da República, Jair Bolsonaro, diante da pandemia de coronavírus gerou críticas mesmo entre os aliados do Palácio do Planalto. Em particular, parlamentares da base do governo disseram que o presidente tem cometido uma sucessão de erros políticos para minimizar o vírus e temer as repercussões que isso poderia ter sobre os eleitores de direita.

Os parlamentares da base bolsonar ouvidos pelo relatório revelaram medo do isolamento político de Bolsonaro e avaliaram que os ativos políticos do presidente podem ter sido “danificados” pela maneira como ele conduziu a crise.

Parlamentares de outros campos políticos também reagiram a Bolsonaro. “O presidente fez tudo errado na conferência. O ministro da Saúde, que mostrou alguma competência, ficou completamente envergonhado “, afirmou o presidente da Cidadania, Roberto Freire.

Para o deputado Vinicius Poit (SP), vice-diretor da Novo na Câmara, o presidente tratou a crise dos coronavírus com “falta de responsabilidade” e “seriedade” quando os primeiros casos começaram a aparecer no país. Isso foi histeria. Temos vergonha de ver outros líderes mundiais. “

Segundo o deputado Luiz Philippe de Orleans e Bragança (PSL-SP), um dos aliados mais próximos de Bolsonaro na Câmara, o presidente “percebeu” que precisava ser protagonista no debate sobre o coronavírus e mudou de atitude.

“O coronavírus é uma realidade”, disse o deputado. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *