Autoridades pedem que 500 milhões de pessoas fiquem em casa

JBr.

As autoridades de todo o mundo pediram pelo menos 500 milhões de pessoas para ficar em casa para impedir a propagação da pandemia do COVID-19. Alguns países adotaram medidas coercitivas e outros escolheram apenas recomendações.

– Contenção obrigatória –

A província chinesa de Hubei e sua capital Wuhan, onde o novo coronavírus apareceu, estão isoladas do mundo desde o final de janeiro. A quarentena continua, mas desde 14 de março foram reduzidas as restrições de movimento, para alívio dos mais de 50 milhões de habitantes da região.

Depois de Hubei, pelo menos oito países adotaram medidas coercitivas para limitar sua população como um todo: Itália (10 de março), Espanha (14), Líbano (15), República Tcheca (16), França, Israel e Venezuela (17) e Bélgica (18 de março).

No total, esses oito países têm 240 milhões de habitantes.

Na maioria desses territórios, ainda é possível sair para trabalhar, comprar produtos essenciais ou receber assistência médica.

Em menor grau, alguns países adotaram medidas específicas de contenção, como a Bulgária, que colocou em quarentena a cidade de Bansko, onde está localizada a maior estação de esqui do país, ou o Egito, que confinou todos os funcionários do setor de turismo. da província. do mar vermelho.

– Contenção recomendada –

Pelo menos quatro países, Alemanha, Áustria, Reino Unido e Irã, instaram a população a limitar suas viagens e contatos o máximo possível, mas não adotaram medidas coercitivas. Esses quatro países têm cerca de 240 milhões de habitantes.

Mas esses recursos têm efeito limitado.

Na Alemanha, onde várias “festas da coroa” foram organizadas em parques, a chanceler Angela Merkel pediu à população na quarta-feira que respeite as diretrizes de saúde, “essenciais para salvar vidas”.

Autoridades iranianas, entretanto, lamentaram que, apesar dos avisos, ainda existam iranianos que não levam a situação “a sério” e que os mercados estão “cheios” na véspera de Ano Novo persa na sexta-feira.

– Toque de recolher –

Pelo menos seis países ou territórios adotaram o toque de recolher, que proíbem as viagens entre a tarde e o início da manhã: Tunísia (18:00 – 18:00), Bolívia (17:00 – 17:00), Sérvia ( 20:00 – 05:00), o estado americano de Nova York. Jersey (20H00-05H00), o território americano de Porto Rico (21H00-05H00) e Manila, capital das Filipinas (20H00-05H00).

Todos esses territórios somam 50 milhões de habitantes.

Agence France-Presse

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *