Bahia deixa o 1º tempo impecável, goleia Melgar e avança para a segunda fase do Campeonato Sul-Americano – Esporte

OU Baía está qualificado para as oitavas de final do Copa sul americana. Depois de perder o jogo de ida da segunda rodada, fora de casa, por 1 a 0, a seleção brasileira fez um primeiro tempo impecável contra o Melgar na noite desta quinta-feira e venceu por 4 a 0, na volta ao La Fonte Nova, em Salvador.

A Bahia não joga lá há oito meses, desde que o estádio começou a ter um hospital de campanha devido à nova pandemia do coronavírus. E o retorno estava na moda. Fessin (2), Gregore e Gilberto marcaram os gols da vitória.

Nas oitavas de final, a Bahia já sabe quem vai enfrentar. É a Unión Santa Fé, que também nesta quinta-feira, reverteu a vantagem contra o Emelec, vencendo por 2 a 1 e avançando. Ao lado da seleção baiana, apenas o Vasco continua a representar o Brasil na competição após a eliminação do São Paulo pelo Lanús.

O JOGO

Precisando do resultado para avançar, o Bahia dominou o primeiro tempo do início ao fim e abriu uma boa vantagem. Logo aos 11 minutos, Juninho Capixaba cobrou escanteio, a bola passou por todos e foi para Fessin, que finalizou com o pé direito e abriu o placar na Fonte Nova. O segundo objetivo foi imediato. Aos 19 minutos, em outra bola na área, Gregore cabeceou firme e mandou para o fundo da rede.

Quando Melgar tentou responder, o Bahia saiu para o ataque duas vezes e fez dois gols. Aos 33 minutos, Fessin recebeu na área, derrubando dois marcadores em um único drible e chutando a perna esquerda para ampliar ainda mais o placar. Na jogada seguinte, foi a vez de Gilberto balançar as redes. Aos 34, Daniel lançou o atacante, que só teve a tarefa de acertá-lo na saída do goleiro. Assim, a primeira parte terminou com a vitória da Seleção Brasileira por 4-0.

Na volta do intervalo, apesar da vantagem, o Bahia se manteve em pé, pressionando a área rival. Em uma dessas jogadas, aos 10 minutos, Elber rolou na direção de Elías, que veio batendo forte, mas parou duas vezes na defesa do goleiro Cáceda. Aos 19, foi a vez de Saldanha perder um gol incrível. O atacante, que havia entrado no duelo momentos antes, recebeu cruzamento rasteiro de Nino Paraíba e só teve a missão de fazer o gol, mas mandou.

Sem reação, Melgar continuou a ver os proprietários atacando. Aos 33 minutos, Rodriguinho foi liberado pelo meio, deu um passo à frente e chutou com a perna esquerda, mas a bola pegou com muita força e saiu. Nos minutos finais, a partida continuou acirrada, mas o duelo terminou com uma vitória por 4 a 0 para o Bahia, que avançou para as oitavas de final do sul-americano.

FICHA TÉCNICA

BAHIA 4 X 0 MELGAR

BAHIA – Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Lucas Fonseca, Juninho e Juninho Capixaba; Gregore (Ronaldo), Elias e Daniel (Rodriguinho); Fessin (Alesson), Elber (Rossi) e Gilberto (Saldanha). Técnico: Mano Menezes.

MELGAR – Cáceda; Fuentes (Mifflin), Ibáñes (Rabanal), Deneumostier e Reyna; Tandazo (Dani Cabrera), Míquez, Joel Sánchez, Amoroso e Vidales (Arakaki); Maple (Írven Ávila). Técnico: Marco Valencia.

JUIZ – Cristian Garay (Chile).

METAS – Fessin, 11 e 33, Gregore, 19, e Gilberto, 34 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS – Deneumostier e Mifflin (Melgar)

LOCAL – Fonte Nova, em Salvador (BA).

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *