Bélgica vence, elimina Inglaterra e se aproxima da qualificação na Liga das Nações

Não no último domingo (15), às Bélgica recebido em Inglaterra Não King Power Stadium em Den Dreef, em um jogo válido pela 5ª rodada do Liga das Nações. Em casa, os belgas venceram por 2-0 e estão perto da qualificação.

A vitória foi obtida logo no início da partida, com gol de Tielemans e um objetivo de Mertens, este último por falta. Com o resultado a Bélgica se aproxima da classificação, além de eliminar a Inglaterra.

Estratégias

Para a Bélgica de Martinez Ele chegou com sua formação clássica: 3-4-2-1. A linha defensiva de três contava com Aldeweireld, Denayer e Vertoghen. O meio-campo teve Meunier, Tielemans, Witsel e Hazard. Os dois avançados foram De Bruyne e Mertens, com Lukaku focado no ataque. O objetivo era manter uma defesa forte e buscar jogar pela ala com as alas.

Inglaterra portão sul Ele também veio com a formação 3-4-3, com Walker, Dier e Mings na defesa, tendo um full back na defesa, o que já é um exemplo do ataque que procurava. Trippier, Henderson, Rice e Chilwell fizeram a linha média, com Grealish, Mount e Kane no ataque.

A partida

Aos 10 minutos a Bélgica conseguiu abrir o placar com Tielemans que recebeu a bola da Lukaku depois de uma boa mesa, e bateu forte no canto esquerdo do Pickford.

Aos 10 também Kane acertou uma cabeçada em um canto, que Lukaku conseguiu defender por cima da linha! E aos 23 a Bélgica se expandiu. Na falta sofrida por De Bruyne, Mertens aproximou-se da bola e passou-a por cima da barreira e no fundo das redes, ampliando o placar!

Com 33 minutos Grego moveu-se para a esquerda e jogou para o meio, onde estava Monte. Ele acertou o gol e perdeu a chance de rebaixar o placar. A pressão inglesa deu seu primeiro resultado em ocasiões criadas.

Aos 43 Kane recebeu da esquerda da área, dominou, cortou a marca e bateucjma da Cortes, que defendeu a saída no terreno.

No final do primeiro tempo, a Bélgica tinha 46% da posse de bola, contra 54% da Inglaterra. A Bélgica terminou três vezes, com duas rebatidas, contra a sétima da Inglaterra, que rebateu duas vezes.

A 11 minutos do fim da segunda etapa, Mount dirigiu uma grande bola de cartas para Kane, que passou por cima de Courtois, mas sem perigo. Aos 15 Grealish dominou, carregou a bola e rebateu por cima do gol, mas agora com perigo!

Aos 31 minutos, De Bruyne encontrou Lukaku no centro, que a princípio encontrou Mertens no lado esquerdo da área. Ele colocou de volta no meio e Pickford mergulhou na bola para salvar a Inglaterra! Aos 46 Lukaku recebeu da direita, pegou pelo meio e bateu forte, mas vai!

O jogo manteve-se estável em termos de números, vemos que na posse total de 45% da Bélgica, contra 55% na Inglaterra, além das oito finalizações belgas, com três da direita, contra 16 finalizações inglesas, com três direito.

Próximas partidas e classificações

No último dia da fase de grupos, as duas equipes voltam a campo na próxima quarta-feira (18), às 16h45. Enfrenta a Inglaterra Islândia e a Bélgica leva o Dinamarca.

No grupo B, com a vitória a Bélgica está com 12 pontos e na liderança, contra 10 pontos da Dinamarca. A Inglaterra tem sete pontos e a Islândia zero.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *