Biden quer ser parceiro ambiental do Brasil, afirma embaixador dos EUA – 05/02/2021 – Mundial – KSU

O embaixador dos Estados Unidos no Brasil, Todd Chapman, disse nesta sexta-feira (5) que o governo do presidente Joe Biden quer se associar ao Brasil na questão ambiental.

“Falamos sobre muitos assuntos, mas é claro, muitos assuntos ambientais. Na verdade, a administração do meu novo presidente, Biden, enfatiza a importância das mudanças climáticas. Queremos ser bons parceiros no Brasil nessa área porque já estamos trabalhando muito. A conversa tem sido excelente e continuaremos discutindo ”, disse Chapman após reunião com o vice-presidente brasileiro, Hamilton Mourão (PRTB).

O diplomata norte-americano afirmou que o interesse do país pela questão das mudanças climáticas aumentou e destacou a indicação do ex-secretário John Kerry para tratar do assunto.

“Estamos prestando muita atenção a isso e queremos trabalhar com o Brasil nisso.”

A condução da política ambiental do governo brasileiro já foi criticada por Biden antes mesmo de sua eleição como presidente, durante o primeiro debate entre o democrata e o então presidente Donald Trump, em setembro do ano passado.

“A floresta tropical do Brasil está sendo destruída”, criticou Biden, que se comprometeu a se juntar a outros países e oferecer 20 bilhões de dólares (112 bilhões de reais na época) para ajudar a preservar a região.

“Pare de destruir a floresta e senão terá consequências econômicas significativas”, acrescentou, indicando possível retaliação ao governo brasileiro.

No dia seguinte, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) qualificou o discurso do então candidato de “lamentável”.

Em 28 de janeiro deste ano, Biden riu após ser convidado a falar com Jair Bolsonaro.

Esta semana, Biden e membros do alto escalão do novo governo dos Estados Unidos receberam uma breve chamada para congelar acordos, negociações e alianças políticas com o Brasil enquanto Bolsonaro estiver no cargo.

Na sexta-feira, Mourão, que preside o Conselho da Amazônia, disse que a conversa com Chapman teve como objetivo mostrar o que o governo brasileiro tem feito para preservar o meio ambiente.

“Queremos mostrar o que estamos fazendo, abrir esse diálogo, por meio da embaixada, e deixar claro que todas as informações necessárias que a gente consegue mostrar, para ouvir a realidade que está acontecendo ali. Foi um diálogo muito bom. Disse o vice-presidente.

Segundo Mourão, foi aprovada uma apresentação em inglês com os resultados da próxima reunião do Conselho da Amazônia e Chapman vai ajudar na divulgação.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *