Bolsonaro diz que usou um nome codificado para fazer o exame covid-19 e testar

JBr.

Resistente a divulgar os testes que realizou para o novo coronavírus, o Presidente da República, Jair Bolsonaro, disse que usava um codinome para realizar os testes e, portanto, o resultado poderia ser contestado. Ele defendeu a adoção da prática por anos, mesmo para pedir manuseio de medicamentos, para evitar a contaminação. “Fiz dois testes (para a covid-19), ambos negativos”, disse ele em entrevista ao Programa Brasil Urgente, ancorado pelo jornalista José Luiz Datena.

Bolsonaro passou por exames no Hospital das Forças Armadas de Brasília, que mantém em sigilo os nomes dos pacientes que realizaram o exame.

O governador Ronaldo Caiado (DEM-GO) afirmou nesta semana que é obrigação do presidente apresentar seu teste à sociedade. “É claro que todos nós, como funcionários públicos, temos que apresentar os resultados. Essa é uma obrigação como gerente público “, afirmou.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.