Bolsonaro visita Ceagesp e descarta privatização

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta terça-feira (15) que não há espaço em seu governo para a privatização da Companhia de Entrepostos e dos Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp). A afirmação foi feita durante uma visita à empresa, na zona oeste da cidade de São Paulo, para a reabertura da Torre do Relógio, monumento reformado pelos comerciantes e que foi pintado de verde e amarelo.

“Aqui, quando se trata de privatizações, quero deixar bem claro. Enquanto ele for presidente da República, esta é a casa dele”, disse o presidente.

O Ceagesp foi criado em 1969 pelo governo do estado de São Paulo, mas passou a ser controlado pelo governo federal em 1997 e atualmente está vinculado ao Ministério da Economia. Esta foi a primeira visita de um Presidente da República ao armazém do Ceagesp.

O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, durante visita à Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), para a reabertura da Torre do Relógio.

O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, durante visita à Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), para a reabertura da Torre do Relógio. – Rovena Rosa / Agência Brasil

Durante a visita, Bolsonaro destacou a atuação do gerente geral do armazém, Ricardo Augusto Nascimento de Mello Araújo, que assumiu a posse no final de outubro. Araújo é coronel da reserva da Polícia Militar de São Paulo e ex-comandante da Rota.

“Não vim inaugurar nada aqui, vim fazer uma visita técnica, falar com o novo presidente, que deu uma nova dinâmica a este armazém. Tudo o que passa pela nossa mesa passa por aqui”, disse Bolsonaro. Bolsonaro lembrou que, entre outras iniciativas, o novo presidente acabou com a obrigatoriedade de pagamento de R $ 60 por mês para cada um dos 4.000 carregadores para guardar seus carros.

“Para gente humilde, isso é necessário, é muito dinheiro. Ficaram sem dinheiro no começo”, disse o presidente aos licenciados durante discurso no galpão, acompanhado por centenas de comerciantes. Ainda segundo Bolsonaro, Mello Araújo assumiu. com “carta branca” para nomear administradores e tomar decisões para combater alegadas irregularidades na empresa.

“Temos vários problemas aqui, como os contratos de lixo e segurança, que estão sendo revistos. Outras coisas também, pode ter certeza, ligando para a atenção do coronel Mello Araújo, esses problemas serão resolvidos. ele adicionou.

Agência bancária

Durante o evento, o presidente Jair Bolsonaro – acompanhado por Pedro Guimarães, presidente da Caixa – informou que o banco também pretende participar das melhorias no Ceagesp, com a construção de uma nova agência.

“O presidente da Caixa, Pedro Guimarães, acaba de me dizer que vai abrir aqui uma agência da Caixa [nas dependências da Ceagesp]. Tudo que você precisa e está à disposição do governo federal será atendido. O Ceagesp é seu ”, disse o presidente.

O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, durante visita à Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), para a reabertura da Torre do Relógio.

O Presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, durante visita à Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp), para a reabertura da Torre do Relógio. – Rovena Rosa / Agência Brasil

Ceagesp

A empresa é responsável pelo maior centro de abastecimento de frutas, legumes, flores, peixes, entre outros produtos, da América Latina. O volume comercializado, por ano, chega a 3,21 milhões de toneladas, com valor financeiro de R $ 8,84 bilhões.

Na bolsa, o fluxo médio de pessoas é de 50 mil por dia. O Ceagesp possui 590 funcionários públicos e a operação do armazém envolve 25 mil empregos diretos, além de mais de 2.000 licenciados no atacado, 247 varejistas e 376 camelôs.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *