Brasil alivia restrições de entrada para todos os visitantes antes da temporada de viagens

O governo brasileiro tem relaxado alguns dos controlos impostos aos visitantes internacionais na sequência da pandemia de COVID-19.

Ao desembarcar no Brasil, os turistas só precisarão apresentar comprovante de vacinação ou resultado negativo do teste Covid 19. Os não vacinados já podem apresentar comprovante de teste Covid 19 negativo para poder entrar.

Os novos regulamentos já entraram em vigor e devem ser seguidos por todos os envolvidos no transporte aéreo, aquaviário e terrestre.

A Organização Mundial da Saúde (OMS), que destaca que “as políticas de testagem e quarentena devem ser revisadas periodicamente” para garantir que sejam levantadas quando não forem mais necessárias, também reitera esse conselho, segundo a Anvisa, órgão nacional de saúde.

Duas doses são suficientes, ou uma no caso de Janssen.

Se uma pessoa completou o calendário inicial de vacinação para todas as vacinas aprovadas pela Anvisa, outras marcas de vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde, ou mesmo organizações de saúde análogas em países individuais, o Brasil a considera totalmente vacinada.

Os Centros de Controle e Prevenção de Doenças dos Estados Unidos são comparáveis ​​à Anvisa.

Consequentemente, o Brasil reconhece todos os certificados de vacinação amplamente utilizados emitidos em todo o mundo, incluindo os da Pfizer, Moderna, Janssen, Sinovac e outros.

Para que o certificado de vacinação seja reconhecido, o decreto estabelece que deve constar o nome do destinatário, a marca da vacina ou informações do fabricante, o número de doses administradas e as datas de cada dose.

São aceitos certificados físicos e eletrônicos. Observe, no entanto, que as autoridades de fronteira brasileiras não aceitarão certificados que contenham apenas um código QR e nenhuma outra informação. Se você deseja usar um certificado digital como documento de entrada e atender aos requisitos para viajantes vacinados, certifique-se de que contém todas as informações necessárias listadas no parágrafo anterior.

No entanto, se um passageiro não puder apresentar o comprovativo de vacinação, deverá apresentar um teste Covid negativo realizado no máximo um dia antes da hora prevista de partida e emitido por um laboratório.

Em resumo:

  • Os viajantes não são obrigados a enviar um formulário de inscrição.
  • Não há testes pós-entrada para pessoas vacinadas ou não vacinadas.
  • A quarentena não é necessária para visitantes estrangeiros.
  • Não há restrições para viagens interestaduais dentro do Brasil.
  • Não é mais necessário usar máscaras em aviões, transporte público, aeroportos ou outros locais onde o público se reúne.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.