Brasil cerca de 2.000 casos e Itália com mais de 6.000 mortes; Destaques deste segundo (23)

JBr.

No Distrito Federal, médicos denunciam a falta de equipamentos para combater o novo vírus. Enquanto isso, o ICMS em gel de álcool foi reintegrado pelo Governo do Distrito Federal. Já existem 135 pacientes com a doença. Mais quatro que apresentaram o último saldo.

Na segunda-feira (23), o presidente Jair Bolsonaro retornou e revogou o MP que permitia a suspensão dos contratos de trabalho.

O ex-candidato do PT à presidência, Fernando Haddad, afirmou que “é difícil ter que lidar com um vírus e um verme simultaneamente”. Referindo-se a Bolsonaro.

A Espanha ultrapassou a marca de 2.000 mortos. Na Itália, o país mais afetado pela pandemia, já existem mais de 6.000 mortes.

Veja os melhores momentos de Jornal de Brasília:

O governo do distrito federal publicou outra atualização sobre o número de casos de coronavírus na capital. O número de casos confirmados aumentou para 135. Há mais quatro em comparação ao último boletim publicado neste domingo (23).

Após o início da inspeção das lojas, o Governo do Distrito Federal realizou um novo estudo sobre estabelecimentos que, por serem de natureza essencial, podem permanecer abertos. Oficinas mecânicas, fábricas de bolos, concessionárias de carros e barracas de propriedades estão entre as atividades permitidas.

A Universidade de Brasília (UnB) suspendeu completamente o calendário acadêmico para evitar a contaminação pelo novo coronavírus. Até então, apenas as aulas presenciais eram canceladas e o semestre letivo continuava com atividades virtuais.

Em meio à pandemia do novo coronavírus, médicos e moradores relatam que alguns hospitais públicos do Distrito Federal carecem de equipamento de proteção individual (EPI), como luvas, máscaras cirúrgicas e até capas.

Na segunda-feira, a barraca instalada na Unidade de Atendimento de Emergência do Núcleo Bandeirante (UPA) começou a operar para ajudar pacientes com sintomas de problemas respiratórios. A estrutura será aberta à população todos os dias.

Depois que o Tribunal Federal autorizou a GDF a reduzir e isentar a alíquota do ICMS sobre operações internas e importações de itens essenciais para combater o novo coronavírus, o governo emitiu um decreto determinando a isenção dos itens.

O Ministério da Saúde confirmou que o Brasil já possui 1.891 casos confirmados e 34 óbitos devido ao novo coronavírus. Ontem à tarde houve 1.546 casos confirmados e 18 mortes.

O escritor e ideólogo Olavo de Carvalho disse que a nova pandemia de coronavírus, que já matou 34 pessoas no Brasil, “simplesmente não existe”.

A população aprovou as medidas tomadas pelos governadores mais do que as do presidente Jair Bolsonaro quando se trata de combater o coronavírus. É o que indica uma pesquisa realizada pelo Instituto Datafolha na segunda-feira.

Os líderes do Congresso articulam a apresentação de uma Proposta de Emenda Constitucional (PEC) para permitir um “orçamento de guerra” e simplificar a implementação de ações para enfrentar a crise causada pela pandemia da covid-19.

Depois de atacar os governadores e chamá-los de “exterminadores de empregos”, o presidente Jair Bolsonaro disse que deveria ouvir os governadores das regiões nordeste e norte nesta data. As reuniões serão separadas e serão realizadas por videoconferência.

O ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato à presidência em 2018, Fernando Haddad, usou suas redes sociais para criticar o atual presidente. Haddad discorda das posições de Bolsonaro na área da saúde. “É difícil ter que lidar com um vírus e um verme ao mesmo tempo”, disse ele.

O ministro das Relações Exteriores da Itália, Luigi Di Maio, anunciou que o Brasil enviará uma carga de ventiladores de pulmão e máscaras de proteção.

A Prefeitura de Porto Alegre emitiu dois decretos que restringem a circulação de idosos na cidade por 30 dias.

Devido à pandemia do novo coronavírus, moradores de diferentes comunidades do Rio de Janeiro relataram, nas redes sociais, mensagens de milicianos e traficantes que impuseram um toque de recolher aos moradores.

A Petrobras informou que desembarcou oito funcionários na plataforma P-67 entre 21 e 22 de março, por recomendação médica. A medida está em conformidade com o protocolo já publicado para medidas de prevenção de coronavírus tomadas em plataformas, informou a empresa.

O Ministério da Saúde publicou, em uma edição adicional do Diário Oficial da União (DOU), uma portaria para regulamentar os cuidados médicos remotos por teletrabalho. A liberação da telemedicina ocorrerá excepcionalmente durante o período pandêmico do novo coronavírus.

Foto: Isac Nóbrega / PR

Mais de 350.000 casos de coronavírus diagnosticados em todo o mundo, de acordo com a AFP. O novo coronavírus causou pelo menos 16.146 mortes em todo o mundo desde seu surgimento em dezembro.

O Vaticano instruiu as dioceses em uma emergência de saúde por meio do Covid-19 para celebrar as massas sem graça mesmo durante a Semana Santa e transferir as procissões tradicionais para setembro.

A China iniciou testes clínicos de uma vacina contra o novo coronavírus com 108 voluntários.

A Espanha superou a barreira de 2.000 mortes causadas pela epidemia de coronavírus, com 462 mortes nas últimas 24 horas.

A Defesa Civil da Itália anunciou que o número de mortos no país pelo novo coronavírus aumentou para 6.077, um aumento de 601 vítimas em um dia.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse que ordenaria a instalação de hospitais de campanha nas partes do país mais afetadas pela nova pandemia de coronavírus, dizendo que estava “um pouco chateado” com a China por causa da doença.

O governador do estado de Nova York, Andrew Cuomo, atualizou os números do coronavírus no estado da América do Norte: com 5.707 novos casos confirmados, o número total de infectados atingiu 20.875, um crescimento de 38% de domingo a hoje.

O membro mais antigo do Comitê Olímpico Internacional (COI) disse que a decisão de adiar os Jogos Olímpicos, prevista para julho deste ano, já foi tomada. Dick Pound, 75, disse: “O adiamento foi decidido. Os Jogos Olímpicos não começarão em 24 de julho “.

Foto de JIM WATSON / AFP

  • Deputado de Bolsonaro … e retorna

O governo publicou a Medida Provisória 927 neste domingo (22), que estabelece regras para o relacionamento entre empresas e trabalhadores durante a pandemia do novo coronavírus.

O documento dizia que os empregadores poderiam, devido à pandemia de coronavírus, adotar teletrabalho, antecipação de férias individuais, concessão de férias coletivas, uso e antecipação de férias, banco de horas, suspensão de requisitos administrativos em segurança e saúde ocupacional, que direciona os trabalhadores para a qualificação e diferimento do pagamento do FGTS.

No entanto, a reação no Congresso não foi boa. O prefeito, Rodrigo Maia, por exemplo, chamou o deputado de “hooligan” e exigiu soluções.

A Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) classificou a edição do MP como “inadequada e desastrosa”.

No Twitter, os políticos da oposição levantaram a hashtag #BolsonaroGenocida, que alcançou o topo dos principais tópicos.

Com a reação negativa, o presidente Jair Bolsonaro revogou a medida provisória que criou regras entre empregador e empregado em meio à crise causada pela pandemia de coronavírus.

  • Bolsonaro anuncia a expansão do Bolsa Família para incluir 1.505 milhões de famílias

O presidente Jair Bolsonaro recorreu ao Twitter para anunciar mais medidas de ajuda aos estados. Segundo ele, o governo expandirá o programa Bolsa Família para cobrir 1.505 milhões de famílias, “praticamente reduzindo a linha de candidatos a zero”.

Foto: Agência Brasil

  • GDF orientará 1.000 parentes de viciados em drogas

O Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) publicou a Chamada Pública nº 01/2019, do Ministério da Justiça e Cidadania (Sejus), cujo objetivo é selecionar organizações da sociedade civil para informar e apoiar 1.000 familiares de dependentes químicos na região. Distrito Federal (DF).

  • PMDF prende suspeito de assalto em loja em Itapoã

A Polícia Militar (PMDF) prendeu um homem de 40 anos, suspeito de assaltar uma loja em Itapoã. Ele foi preso na madrugada desta segunda-feira (23), na QL 4, no telhado de uma loja de informática. No relatório de Jornal de Brasília Você pode assistir ao vídeo do momento em que o exército ordena que ele desça do estabelecimento.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.