Brasil FinTech Stark Bank levanta US$ 45 milhões

O FinTech Stark Bank, com sede em São Paulo, no Brasil, recebeu US$ 45 milhões em uma rodada da Série B com o apoio do presidente-executivo da Amazon, Jeff Bezos, informou a Bloomberg na segunda-feira (11 de abril).

A transação é o primeiro negócio no Brasil para a Bezos Expedições. Com sede no estado de Washington, a empresa de investimentos de US$ 108 bilhões atua como a equipe de gerenciamento dos investimentos pessoais do bilionário.

A empresa de Bezos já havia investido em startups latino-americanas, de acordo com o relatório, incluindo a empresa chilena NotCo.

O financiamento foi administrado pela Ribbit Capital, uma empresa de capital de risco com sede em Palo Alto, Califórnia. A SEA Capital e os atuais investidores Lachy Groom e K5 Global participaram da rodada, assim como os fundadores do Airbnb e Kavak e executivos da DST, Visa e Coinbase.

O anúncio do acordo segue um investimento de US$ 13 milhões de investidores de capital de risco em uma rodada inicial, segundo a Reuters. O relatório observou que veio em um momento em que os investimentos em startups brasileiras estavam desaparecendo.

Embora o Stark Bank não tenha divulgado quanto é valorizado após a rodada, seu fundador, Rafael Stark, disse que a transação o aproxima do status de unicórnio, que seria mais de US$ 1 bilhão. Stark disse que o novo caixa permitirá que o banco cresça seu portfólio de produtos.

Bezos tem os dedos em muitos bolos. Em março, a Amazon fechou a aquisição do estúdio de cinema e televisão MGM por 6,5 bilhões de dólares.

Consulte Mais informação: Amazon fecha aquisição da MGM por US$ 6,5 bilhões

O acordo é o segundo maior da Amazon, após a compra da Whole Foods por US$ 13,7 bilhões em 2017. Dá à empresa acesso a uma biblioteca de 4.000 filmes, incluindo filmes de James Bond e 17.000 episódios de televisão, colocando-a em melhor posição para competir com rivais de streaming como Netflix e Disney +.

Sob os termos da aquisição, a MGM se tornará parte da unidade Prime Video and Studios da Amazon, supervisionada pelo vice-presidente sênior Mike Hopkins.

——————————

DADOS DE NOVOS PAGAMENTOS: ESTUDO SOBRE A INOVAÇÃO DO FUTURO DAS EMPRESAS CONTAS A PAGAR – ABRIL 2022

Plastiq - O futuro da inovação comercial de contas a pagar: como novas opções de pagamento B2B podem transformar o back office de pequenas e médias empresas

Sobre: Enquanto mais da metade das PMEs acredita que uma plataforma de pagamento tudo-em-um pode economizar tempo e melhorar a visibilidade do fluxo de caixa, 56% acreditam que a solução pode ser difícil de integrar aos sistemas de AP e AR existentes. O Future of Business Accounts Payable Innovation Report, uma colaboração da PYMNTS e da Plastiq, pesquisou 500 SMBs com receitas entre US$ 500.000 e US$ 100 milhões para explorar como as soluções completas podem superar as expectativas das PMEs e ajudar a preparar seus negócios para o futuro.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.