Brian Ortega vence Korean Zombie pede cinturão

B. Ortega (à direita) derrotado Zumbi coreano no UFC Ilha da Luta 6. Foto: Playback / Instagram

Mesmo sem dar show Brian Ortega deu uma aula de técnica em luta Chan sung jung, O ‘Zumbi coreano‘, na luta principal do UFC Ilha da Luta 6, disputada neste sábado (17), em Abu Dhabi. Com atuação confiante e imponente, o americano saiu vitorioso na decisão unânime dos juízes e chegou perto de mais uma disputa pelo cinturão dos penas (até 65,7kg).

Atual número dois no ranking da categoria, Ortega praticamente selou a passagem para o campeão em título, Alexander Volkanovski. Antes do duelo, o presidente da organização, Dana White, havia confirmado que o vencedor do duelo enfrentaria o australiano.

O choque contra ‘Zumbi coreano‘marcou o retorno de Brian ao octógono depois de mais de um ano fora do esporte. Seu último encontro foi em uma luta pelo título, em dezembro de 2018, quando acabou perdendo para o então campeão. Max Holloway.

A vitória de Brian põe fim à boa fase de Jung, oriunda de dois nocautes importantes em sua carreira. Na última atuação da sul-coreana, a atleta superou a veterana Frankie Edgar, encerrando o confronto no primeiro turno.

A luta

O confronto começou com os atletas estudando uns aos outros no centro do octógono. Ortega tentou encontrar a melhor distância, enquanto Jung cercava seu rival. O norte-americano começou a pontuar com jabs e chutes, o sul-coreano respondeu da mesma forma. No meio da rodada, Brian surpreendeu seu oponente com um cruzamento limpo no rosto, mas o ‘Zumbi coreano‘ele não acusou o golpe. A luta ainda estava tensa e os lutadores tomaram cuidado para não cometer um erro fatal. Quase no último minuto, Sung tentou um chute na cintura, mas sua perna foi presa e ele sofreu forte contra-ataque de Ortega, jogando o sul-coreano no chão. Jung se levantou e os atletas trocaram ataques até o cronômetro parar.

Na segunda fase, o ‘Zumbi coreano‘começou pressionando Brian contra as barras e atacando a cabeça e o torso. O americano respondeu na mesma moeda e, em seguida, tentou sem sucesso derrubar seu oponente. Jung tentou encurtar a distância e continuou circulando Ortega, mas o americano mostrou muita concentração e absorveu bem as ações do adversário. Nos segundos finais, Ortega se esquivou de um ataque do ‘Zumbi Coreano’ e conseguiu derrubar seu oponente com um belo cotovelo giratório. Sung, porém, mostrou muita corrida, conseguiu se levantar e continuou no confronto. Brian tentou aproveitar o bom momento, continuou batendo, mas não deu tempo.

Brian acertou o primeiro golpe no terceiro round. Com um jab, seguido de dois chutes baixos, o americano deu um passo à frente e marcou contra o adversário. Depois de quase três minutos, Jung arriscou receber uma série de golpes e forçou Brian a andar para trás. O americano, porém, corria perigo nos contra-ataques e se manteve superior. Perto do final, Ortega acertou uma reta para a esquerda, que abalou o ‘Zumbi Coreano’, mas a etapa acabou.

A quarta rodada começou com o sul-coreano tentando se recuperar da derrota. Caminhando para frente, o atleta tentou surpreender o americano, mas Brian permaneceu focado e determinado a não errar. Sempre seguro nos ataques, Brian voltou a acertar uma mão direita, que explodiu na cara do oponente, mas Jung continuou sem mostrar surpresa. Após dois minutos, o árbitro interrompeu o duelo para avaliar um corte na sobrancelha de Chan. O confronto voltou com os lutadores trocando golpes no centro do octógono. Com o tempo, Brian continuou a impressionar com a técnica usada para golpear, não deixando espaço para os ataques do oponente. Nos segundos finais, os atletas iniciaram o lance livre, mas não tiveram mais tempo.

Ortega voltou a tomar a iniciativa do confronto na última rodada. Com um chute rasteiro, o americano marcou e seguiu à risca o plano de luta. Brian se assustou novamente com uma série de golpes, mas Jung não desistiu e continuou andando. Os socos de Brian foram claros na cara do ‘Zumbi Coreano’ e o lutador não desistiu. Com quase 25 minutos de luta, Brian ainda se movia muito, demonstrando ótima forma física. Perto do minuto final, o americano começou a agir em segurança, batendo e saindo, para evitar surpresa. Perto do final do duelo, o ‘Zumbi Coreano’ precisava ir tudo ou nada, mas não teve tempo de tentar o nocaute ou a finalização.

UFC Ilha da Luta 6 resultados

CARD PRINCIPAL

Peso da caneta: Brian Ortega derrotado Chan sung jung na decisão unânime dos juízes (50-45, 50-45, 50-45)

Peso da mosca: Jessica Stake derrotado Katlyn chookagian por nocaute a 4m55s de R1

Meio-pesado: Jimmy Crute derrotou Modestas Bukauskas por nocaute em 2m01s do R1

Peso meio-médio: James Krause derrotado Claudio Hannibal na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

Pena: Jonathan Martinez derrotado Thomas Almeida na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 30-27)

CARTÃO PRELIMINAR

Peso leve: Guram Kutateladze derrotou Mateusz Gamrot na decisão dividida dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso mosca: Gillian Robertson derrotada Poliana Botelho na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-27, 29-27)

Peso médio: Jun Yong Park derrotou John Phillips por decisão unânime (30-25, 30-25, 30-25)

Peso leve: Fares Ziam derrotou Jamie Mullarkey por decisão unânime (29-28, 29-28, 29-28)

Peso-pesado leve: Maxim Grishin derrotado Gadzhimurad Antigulov por nocaute técnico 4m58s do R2

Peso galo: Disse que Nurmagomedov derrotou Mark Striegl por nocaute em 51 segundos do R1

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *