Cabofriense enfrenta Mirassol em busca da primeira vitória na Série D brasileira

Após o empate heroico no último minuto na estreia da Série D do Campeonato Brasileiro contra o Cascavel, fora de casa, a Cabofriense entra em campo neste sábado (26), às 15h, no Correão, em Cabo Frio, para enfrentar o Mirassol (SP). ), para a segunda rodada do Grupo 7.

Cabofriense busca primeira vitória na Série D – Divulgação

Foto: Lance!

E a motivação para jogar no seu domínio é grande, mesmo com a ausência de torcedores, principalmente porque na continuidade da competição o tricolor de praia joga dois jogos fora de casa. Para o técnico da equipe, Toninho Andrade, esta partida pode fazer a diferença na trajetória do clube no campeonato.

– É um jogo que pode começar a mudar as regras do jogo para nós. Como conseguimos marcar fora, se vencermos em casa dá-nos tranquilidade para a sequência da competição. É um jogo de fundamental importância para nós, que consideramos muito difícil, como todas as nossas chaves, mas vencer pode ser um divisor porque a nossa confiança aumenta, você fica no topo da tabela e isso é algo muito positivo na Série D – disse o treinador, que analisou o rival e recebeu elogios.

– O rival pelo que vi contra o Bangu é forte, com um bom toque de bola, força ofensiva muito forte, foi uma equipe que pressionou o Bangu. Jogando em casa sempre buscou a vitória, uma equipe altamente qualificada e que sabe o que faz com a bola, tem um técnico brasileiro da Série A, chegou recentemente e também deve ajustar o time à sua maneira. O Mirassol tem uma estrutura muito boa. Esperávamos um jogo muito difícil, ficamos muito impressionados com a força ofensiva do Mirassol, o seu volume de jogo. Teremos que ter cuidado para que não tenham este volume contra nós. Espero que possamos neutralizar esse volume que eles têm.

Um dos cabofriense confirmados para esta importante partida é o atacante Gustavo Coutinho, que marcou três gols na estreia na Série D, permanecendo na seleção da rodada. O jogador espera mais oportunidades para balançar as redes.

– Trabalhamos muito para isso (marcar gols e ajudar a equipe). Espero que as oportunidades apareçam e que esteja o mais concentrado possível para aproveitá-las e ajudar meus companheiros a saírem com os três pontos – disse o número 9.

Cabofriense chega a campo com George, Jackinha, Lucas Cunha, Fellipe e Thiago Ryan; Feitosa, Gama e Willian; Vander, Erick Bahia e Coutinho. Técnico: Toninho Andrade

Veja também:

Haverá um jogo? Editor da L! analisa a bagunça na partida entre Palmeiras e Flamengo pelo Brasileirão

Lança!

  • separador

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *