Casa cheia: F1 é o maior evento do Brasil desde a pandemia

SÃO PAULO (AP) – Os organizadores de Interlagos apontam para um retorno triunfante ao circuito de Fórmula 1 neste fim de semana, com 170 mil ingressos vendidos para três dias de ação.

A Fórmula 1 retirou o Brasil de seu calendário de 2020 devido a restrições em vigor devido à pandemia de COVID-19.

Os organizadores da corrida e as autoridades locais disseram na quarta-feira que a edição de 2021 será o maior público total para um evento no Brasil desde que o vírus atingiu o país.

O Grande Prêmio de São Paulo, renomeado para este ano depois que uma empresa tentou trazer a corrida de volta ao Rio de Janeiro, conseguiu abrir com capacidade total apenas algumas semanas atrás, quando o governo do estado aliviou as restrições para novembro.

O Brasil registrou mais de 610.000 mortes pelo coronavírus, mas a taxa caiu acentuadamente em todo o país. Mais de 57% das pessoas com 12 anos ou mais já estão totalmente vacinadas. Esses números giram em torno de 70% em São Paulo.

As vendas de ingressos começaram em junho, com cada lote esgotando em minutos. Os preços variaram de 650 reais brasileiros ($ 100) a 12.800 reais brasileiros ($ 2.300).

“Teremos casa cheia depois de um ano difícil”, disse Alan Adler, organizador da corrida, em entrevista coletiva. “Não sabíamos se teríamos um Grande Prêmio, se teríamos pessoas presentes, e hoje estamos comemorando que teremos 100% de nossa presença”.

Interlagos sediará a 19ª das 22 corridas da temporada.

Max Verstappen, da Red Bull, vencedor do último GP do México, lidera o piloto da Mercedes e atual campeão Lewis Hamilton no campeonato por 19 pontos com quatro corridas restantes. Verstappen venceu em São Paulo em 2019.

A Mercedes agora lidera a Red Bull por apenas um ponto no campeonato de construtores.

Os torcedores de Interlagos serão obrigados a usar máscaras quando não estiverem comendo, mostrar certificados de vacinação e trazer comprovação de teste negativo para coronavírus. Muitos eventos no Brasil mostraram que multidões de fãs ignoram amplamente esses protocolos assim que a ação começa.

“Estamos preparados para receber 20% a mais de público em relação a 2019, então expandimos nossas estruturas”, disse Adler, atribuindo o sucesso de público aos fãs mais jovens.

“Antes, os pais arrastavam os filhos para a corrida aqui. Agora parece que são as crianças que levam os pais para Interlagos”, disse.

Muitos analistas esperavam que a Fórmula 1 perdesse algum interesse no Brasil devido à ausência de pilotos locais no grid e um movimento que tirou a série das telas da popular TV Globo. Mas os organizadores disseram que isso não se concretizou; Existem apenas alguns lugares VIP à venda para a corrida de domingo.

Interlagos também terá o ingrediente adicional de sediar a terceira corrida de qualificação de sprint da temporada no sábado. As duas corridas de qualificação de sprint anteriores foram realizadas em Silverstone e Monza.

O grid para o GP de São Paulo será determinado pelo resultado da corrida de sábado e não pelo tradicional formato cronometrado de qualificação, que acontecerá na sexta-feira para definir as posições para a corrida de sprint.

___

Mais automobilismo AP: https://apnews.com/hub/auto-racing e https://twitter.com/AP_Sports

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.