Caso Willian: Cruzeiro questiona posição de Zorya, v injustiça na punição na FIFA e prepara recurso no Tribunal Arbitral do Esporte

(Foto: Washington Alves / VIPCOMM)

De quem é o credor cruzeiro no caso envolvendo o atacante Willian: O Zorya FC, da Ucrânia, ou o grupo Alik Football Management, pronto para a Estônia? Mesmo o quadro celestial não sabe a quem pagar a dívida 1.159.786,31 euros (cerca de R $ 7 milhões) contratação em julho de 2014. Nesta quinta-feira, o superintendente jurídico do clube, Bóson flvio, concedeu uma longa entrevista para explicar a bagunça que levou a FIFA a impor uma nova punição, desta vez para proibir o registro de contratos.

De acordo com Boson, Zorya concordou inicialmente em ceder o empréstimo ao grupo Alik, representado pelo advogado brasileiro Marcelo Amoretty Souza – filho do ex-presidente do Internacional, Paulo Rogrio Amoretty, falecido em 2007 devido ao acidente do vôo 3054 da TAM, no aeroporto de Congonhas, em São Paulo.

“O Cruzeiro foi procurado algum tempo antes do vencimento da segunda e terceira dívidas de Zorya por um representante brasileiro de uma empresa que seria cessionária de Zorya. Essa pessoa é o Dr. Marcelo Amoretty, advogado gaúcho e filho do ex-presidente do Internacional. Ele disse que havia uma atribuição de crédito de Zorya.”.

Na negociação com Alik, Cruzeiro 1 milhão de euros (R $ 6,27 milhões) Dez vezes. A primeira prestação, de 100 mil euros (R $ 627 mil), seria paga dez dias após a oficialização. Os próximos nove, também no valor de 100.000 euros cada, expirariam no dia 30 de cada mês entre setembro de 2020 e maio de 2021.

Para avançar nessa linha, o Cruzeiro precisava da prova de Zorya, que chegou em 19 de agosto, no email do clube cadastrado no TMS, que é o sistema de transferência da FIFA. O documento foi assinado por um representante da associação ucraniana, Stanislav Oganov, e da Alik, Oleksi liundovskyi.

No entanto, em uma suposta mudança de ideia posterior, Zorya não reconheceu operação com o Cruzeiro, alegou que era uma assinatura falsa de Oganov e enviou uma notificação à FIFA. Por sua vez, a entidade máxima do futebol candidatou-se à seleção mineira, o “Proibição de transferência”, que é a proibição de registrar jogadores.

(Foto: Reprodu

Tribunal de Arbitragem do Esporte

Diante da decisão injusta, Cruzeiro elabora recurso Tribunal de Arbitragem do Esporte (CAS), última instância do campo esportivo. O documento é do advogado Breno Tannuri, que representa a instituição nos casos da FIFA.

“Pedimos à FIFA que reconsidere a decisão de punir o Cruzeiro. Não há prazo para isso, mas é claro que, se for além do razoável, o Dr. Tannuri se dirige ao Tribunal Arbitral do Esporte, órgão de apelação da FIFA, para apresentá-lo. Se a FIFA mantiver a decisão ou demorar muito para tomá-la, iremos apelar.“Enfatizou Flvio Boson.

“Não vamos descansar, estamos usando nossos canais e nossos representantes na organização do futebol para trabalhar e apresentar a agenda do Cruzeiro. Fiz um acordo para pagar com aquele que afirma ser o dono do empréstimo. Agora vem essa história que o convênio não foi aprovado porque um deles voltou”Acrescentou o superintendente jurídico.

Quando o recurso será aceito?

Flvio Boson evitou estimar quando o Recurso de cruzeiro ser apreciado. No entanto, ele lembrou que a FIFA levou duas semanas para implementar o saneamento, já que a petição de acordo com Zorya / Alik foi enviada em 20 de agosto.

“Não é só minha decisão, é mais uma decisão de Srgio. Se dependesse do futebol, seria ontem. Se dependesse de mim, quem espera resolver, quem sabe, da forma menos conflituosa possível, pode demorar até um mês. Se depender de Tannuri, menos. A, a decisão final do presidente Srgio, após ouvir todos os atores ”, enfatizou.

“Não podemos esperar muito, porque até para a imagem do Cruzeiro é muito ruim que dure um tempo que não dá para tolerar. Espero que uma decisão chegue logo. Entramos com a petição no dia 20 e, duas semanas depois, recebemos uma decisão da FIFA. Acho que, em um aspecto menor, podemos esperar que a FIFA tome uma decisão dentro do mesmo prazo.“, Ele adicionou.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *