Casos e mortes por coronavírus no Brasil em 23 de agosto, segundo consórcio de veículos de imprensa (atualização 8h) | Coronavírus

Brasil registrado 3.583.308 casos e 114.287 mortes para coronavírus até as 8h deste domingo (23), segundo o consórcio de veículos de imprensa.

  • 114.287 mortes
  • 3.583.308 casos

Às 20h de sábado (21) o o consórcio publicou um novo balanço consolidado. Até então, o país registrou 114.277 mortes, 823 delas confirmadas nas últimas 24 horas. Com isso, o a média móvel de novos óbitos no Brasil nos últimos 7 dias, no sábado, foi de 997 óbitos, e não houve variação em relação aos dados registrados em 14 dias.

Nos casos confirmados, até as 20h do sábado (22), foram 3.582.698, sendo 46.210 confirmados no último dia. ELE A média móvel de casos até agora foi de 37.838 por dia, uma variação de -12% em relação aos casos registrados em 14 dias.

No total, 7 estados e o Distrito Federal apresentaram aumento no saldo de óbitos no sábado: RJ, DF, GO, MS, AM, TO, BA e RN.

Em relação à sexta-feira (21), TO e MS tiveram a média de óbitos em estabilidade e, no sábado, foram aumentando.

Desde o balanço de sábado, os governos de Goiás, Roraima e Sergipe divulgaram novos dados.

  • Total de mortes: 114.277
  • Registro de óbito em 24 horas: 823
  • Número médio de novas mortes nos últimos 7 dias: 997 por dia (variação de 14 dias: 0%)
  • Total de casos confirmados: 3.582.698
  • Registro de casos confirmados em 24 horas: 46.210
  • Número médio de novos casos nos últimos 7 dias: 37.838 por dia (mudança em 14 dias: -12%)
  • Estados com aumento de mortes: RJ, DF, GO, MS, AM, TO, BA e RN.
  • Estados com mortes em estabilidade, ou seja, o número de mortes não diminuiu ou aumentou significativamente: PR, RS, SC, ES, MG, SP, AC, PA, PB, PI.
  • A queda dos estados de morte: MT, AP, RO, RR, AL, CE, MA, PE.

Essa comparação leva em consideração a média de óbitos nos últimos 7 dias até a publicação desse balanço em comparação com a média registrada há duas semanas (compreender os critérios usados ​​pelo G1 para analisar as tendências da pandemia)

Levantando o selo da morte – Foto: Arte G1

Estabilidade do selo – Foto: Arte G1

Carimbo drop covid mortes – Foto: Arte G1

  • EN: -3%
  • MG: + 7%
  • RJ: + 46%
  • SP: -10%
  • DF: + 43%
  • IR: + 25%
  • MS: + 18%
  • MT: -20%
  • CA: -8%
  • AM: + 24%
  • AP: -45%
  • PA: + 7%
  • RO: -17%
  • RR: -68%
  • PARA: + 20%
  • AL: -18%
  • BA: + 30%
  • EC: -41%
  • MA: -27%
  • PB: 0%
  • PE: -32%
  • PI: -10%
  • Enfermeira: + 16%

Consórcio de veículos de imprensa

Dados sobre casos e óbitos por coronavírus no Brasil foram obtidos após uma associação sem precedentes entre G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, que começou a trabalhar, a partir de 8 de junho, de forma colaborativa para coletar as informações necessárias nos 26 estados e no Distrito Federal (saber mais)

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *