Cauan se desculpa pelo vídeo em que coronavírus coronavírus: ‘Ignorância paguei caro’ | Goias

Depois que o coronavírus foi curado e saiu do hospital, o cantor Cauan Máximo, do casal com Cleber, se desculpou por um vídeo em que aparece passando a ferro a doença. (olhar para baixo). Na imagem, gravada em março, o artista bate no peito e “brinca” que não tem medo do vírus. Atualmente, o músico disse que se arrependeu da forma como agiu e pediu às pessoas que “dessem à Covid a importância que ela merece”.

“Lamento. Isso foi muito lamentável. Uma ignorância pela qual paguei caro. Quero muito me desculpar e me retratar, me retratar como? Pedir às pessoas para darem a importância que a doença merece, a importância que Covid merece”, ele disse em uma entrevista ao Fantastic.

O cantor também citou “vários erros” que cometeu durante a pandemia. Ele acredita ter passado o vírus para seus pais, que estão hospitalizados com a doença.

“Infelizmente, cometi vários erros nesta pandemia […]. Por exemplo, meus pais ficaram isolados por cinco meses e, no Dia dos Pais, eu estava com eles. E você exagera de emoção. Acho que nos exageramos um pouco. Em uma hesitação, eu passei para meu pai. Minha mãe foi contaminada depois, porque meu pai passou para ela. Portanto, o isolamento é essencial ”, diz ele.

Vídeo mostra o compatriota Cauan zombando de Covid-19

Download e recuperação de Cauan

Cauan teve alta na última quarta-feira (26). A artista ficou 14 dias internada em recuperação do coronavírus, sendo nove em uma UTI. Na rede social, Cauan diz que seus pulmões precisam ser fortalecidos: “Aqui estamos firmes na fisioterapia, trabalhando muito no pulmão”.

Segundo o músico, o cansaço e a sibilância são vestígios das duas semanas que passou na UTI com a doença. Cauan conta que durante o período de internação não teve medo de morrer, mas teve dois ataques de pânico.

“Eu não tinha medo de morrer. Achei que voltaria, que ficaria curada, mas tive dois surtos muito fortes que, naquele momento, preferia morrer a sentir o que estava sentindo. Não consigo explicar o que senti. Um ataque de pânico, não sei, junto com falta de ar, talvez. mas não me lembro muito bem ”, diz ele.

Ao sair do hospital, Cauan realiza exercícios de fisioterapia para se recuperar das resquícios do coronavírus – Foto: Instagram / Playback

Naquela semana, Cauan começou o tratamento em casa. Haverá várias sessões de fisioterapia para reabilitar os pulmões, que estão comprometidos pela Covid-19. Segundo o fisioterapeuta que acompanha o músico, Juliano Vieira, é um trabalho reaprender a respirar e aumentar a respiração, tão importante para todos e, principalmente, para Cauan, que é cantor.

“Tive um compromisso de 75%. Na situação pós-Covid, o que acontece: o processo inflamatório passou, acabou, porém deixa algumas lesões. A intenção principal agora é abrirmos todas as áreas do pulmão ”, disse o médico.

Como cantor, a fisioterapia é ainda mais essencial. “Muito importante. É isso que vai te dar o volume de ar para liberar a voz na hora de cantar, atingindo um determinado tom”, relatou.

Depois de se recuperar da Covid-19, Cauan diz que está valorizando mais a vida e os momentos com sua família. “Um abraço da mãe, um beijo do pai e um beijo do filho, da filha, é algo que tem mais valor do que você pensa”, disse.

Ele também disse que quando estava na UTI se sentia vulnerável. “Naquela época, quando eu estava no leito da UTI, não tinha nada importante. Lá estou eu Charles, lá estou eu o vulnerável, eu preciso dele, eu preciso de pessoas, eu preciso de Deus. Ele estava em um leito de UTI, ele poderia morrer a qualquer momento. Queria sair de lá como um novo Charles, sair de lá para ajudar as pessoas, sair de lá para corrigir meus erros, sair de lá para evoluir como ser humano ”, revela.

Cauan conhece Cleber após cura do coronavírus em Goiânia – Foto: Playback / Instagram

Depois de receber alta, Cauan se encontrou com Cleber na tarde desta sexta-feira (28), em Goiânia. Relate a emoção de se reunir com seu parceiro. Desde que Cauan adoeceu, os dois ainda não tinham se visto.

No encontro, que foi acompanhado pela equipe de repórteres do Fantástico, eles se abraçaram e Cleber “arrancou a orelha” do companheiro, que demorou a procurar atendimento médico após sentir os sintomas do Covid-19.

“Só você pra me dar esse susto, olha cara! Graças a Deus, graças a Deus você é forte! Na verdade, eu estava com medo de não viver aquele dia, né? que o pior vai acontecer? ‘”Cleber disse a Cauan.

Após o reencontro, Cleber disse que poder ver seu amigo novamente é “maravilhoso”. “É um momento de dizer: ugh! Estamos aqui, juntos, com a vida batendo, isso é maravilhoso. No dia que o vi com aquele tubo, máscara, tubo de ar, cateter, já senti um gelo no coração foi muito medo. Quero muito agradecer a vocês por estarem aqui celebrando a vida de Cauan, algo que mais de 115.000 pessoas não poderiam fazer com suas famílias “, disse ele.

No final da entrevista, Cleber e Cauan ainda se arriscaram na música “Almost”, mas Cauan disse que ainda tinha fôlego. “Às vezes resta um pouco de fôlego. Mas, vamos corrigir isso em breve ”, disse ele.

Cauan também gostou das orações. “Obrigado gente! Que Deus retribua todo o amor, carinho, orações, todas as coisas positivas que vocês me deram. Eu não mereço! Mas muito obrigado”, disse.

Cauan, seu pai e sua mãe ainda estão hospitalizados se recuperando de Covid-19 em Goiânia, Goiás – Foto: Montagem / G1

No domingo (30), os pais de Cauan estão internados para tratar o coronavírus no hospital Anis Rassi, em Goiânia, mesmo hospital onde a cantora estava internada.

Cauan disse ter ficado surpreso com a notícia de que seus pais foram hospitalizados, principalmente por causa de seu pai, que tem doenças pré-existentes.

“Naquele momento, fiquei com medo. Eu disse meu pai na UTI? Eu pensei … Sabe aquela coisa que tem tudo para dar errado? Porque meu pai tem muitas comorbidades e isso me preocupou muito, mas também fortaleceu muito a minha fé ”, disse.

A mãe, Shirlei Máximo, continua internada em uma unidade de saúde, não teve febre e faz uso de antibióticos, anticoagulantes e outros medicamentos. Além de fazer fisioterapia, ele está recebendo tratamento para o TEP (tromboembolismo pulmonar) que desenvolveu com Covid-19.

Ainda de acordo com o boletim deste domingo (30), ele relatou melhora no desconforto que sentia e respirava com menor necessidade de oxigênio por cateter nasal (já em fase de desmame).

O pai de Cauan permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do mesmo hospital. Seu estado é sério, mas estável. De acordo com o boletim médico divulgado neste domingo (30), ele tem um 3º dia de melhora clínica e exames laboratoriais, que ainda estão alterados, mas melhorando.

João Luiz ainda depende de oxigenoterapia contínua, 24 horas por dia. Ele também usa antibióticos, anticoagulantes, corticosteróides, analgésicos e outros medicamentos. Na sexta-feira (28), ele teve um aumento na deterioração dos pulmões, que estão com 50% das funções afetadas.

Cauan e irmão comemoram ‘festa de aniversário’ da mãe, que está internada para Covid-19: ‘Viene Vitória’ – Foto: Arquivo pessoal / Cauan Máximo

Aniversário no hospital

A cantora, que completou 38 anos no hospital, também teve que comemorar os 62 anos de sua mãe, Shirley Máximo, no hospital. O cantor e seu irmão, o médico Fernando Máximo, fizeram uma “festa”, com balões e bolo, para a mãe no sábado (29). Os dois, que já foram curados da Covid-19, puderam abraçar a mãe, com autorização médica.

Shirlei esperava comemorar a data em casa, com toda a família curada do coronavírus. No entanto, ela e o marido, João Luiz Máximo, que também faz aniversário nos próximos dias, continuam internados.

“O desejo do meu coração hoje é triplo: que possamos deixar o hospital, eu, meu marido, meu filho, para comemorar meu 29º aniversário juntos”, disse ela em um vídeo divulgado no domingo passado.

Veja outras novidades da região no G1 Goiás.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci Shinoda

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *