CDH WhatsApp recebe mais de 100 reclamações em menos de 24 horas

JBr.

Em menos de 24 horas no ar, o número do WhatsApp disponibilizado pela Comissão de Direitos Humanos da Câmara Legislativa (CDH / CLDF) para registrar reclamações relacionadas ao coronavírus registrou mais de 100 reclamações. Entre as queixas da população, há falta de atendimento em hospitais públicos e privados e falta de respeito por empresas privadas, o que obrigou os funcionários com sintomas da covid-19 a deixar a casa para trabalhar.

Segundo o presidente da Comissão de Direitos Humanos, deputado distrital Fábio Félix, a comissão denunciou as denúncias ao GDF. “Nosso objetivo é colaborar para qualificar os serviços oferecidos à população, bem como mapear violações de direitos humanos nesse contexto desafiador”, diz ele. Felix vê com preocupação os casos de funcionários com sintomas de contaminação por vírus. “Essas são queixas sérias e precisam ser investigadas”, diz ele.

O objetivo do canal WhatsApp não é esclarecer dúvidas sobre a doença, mas investigar violações de direitos humanos, como atendimento médico negado ou negligenciado; intimidação contra funcionários ou pacientes; LGBTI: fobia, racismo ou qualquer outro tipo de discriminação ao procurar qualquer um dos serviços, entre outros.

Em caso de reclamação, envie uma mensagem para o número (61) 99904-1681.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *