Chefe Raoni é dispensado após ser curado de Covid-19 em MT | Mato grosso

O cacique Raoni Metuktire, 90, líder do povo Kayapó, teve alta nesta sexta-feira (4) após exatamente uma semana de internação, no Hospital Dois Pinheiros, em Sinop, a 503 quilômetros de Cuiabá. Ele foi diagnosticado com Covid-19 e teve problemas pulmonares.

Raoni deixou o hospital pela manhã e rumou para Colíder, a 156 km de Sinop, onde ficará até a próxima semana.

Seu neto Patxon Metuktire disse que, por questões de segurança, só voltará para casa, na aldeia Metuktire, localizada na Terra Indígena Capoto-Jarina, na próxima terça-feira (8). Nesse ínterim, você estará na cidade se precisar de assistência médica.

Testes laboratoriais divulgados quinta-feira (3), indicou uma evolução do quadro clínico, com estabilidade na arritmia,.

Reconhecida internacionalmente pela luta que articula pelos povos indígenas, Raoni foi internado nesta sexta-feira (28) com Covid-19.

O líder indígena Cacique Raoni, da tribo Kayapó, durante discurso no Xingu – Foto: Ricardo Moraes / Reuters

Na última sexta-feira (28), o cacique foi internado com diagnóstico de pneumonia pela equipe médica de sua aldeia, localizada no Parque Indígena do Xingu, no norte de Mato Grosso.

Inicialmente, foi submetido a exames laboratoriais e de imagem que diagnosticaram Covid-19 já na fase inflamatória da doença. Raoni foi tratado com anticoagulantes, corticosteroides e antibióticos, conforme protocolo do hospital.

Segunda hospitalização em um mês

Segundo a direção do Instituto Raoni, o cacique ficou deprimido com a morte de sua esposa, Bekwyjkà Metuktire, no dia 23 de junho, há um mês. Ele tinha diabetes e sofreu um derrame. Raoni teve alta do hospital nove dias depois.

História do chefe Raoni

O líder indígena é reconhecido internacionalmente pela luta que tem articulado pelos povos indígenas. Em 1989, teve um encontro histórico com a cantora Sting durante o I Encontro dos Povos Indígenas do Xingu, em Altamira (PA).

Os dois se reuniram em 2009 na cidade de São Paulo para discutir a construção da Usina de Belo Monte.

Cacique Raoni Metuktire em frente ao Congresso Nacional, em Brasília, em abril de 2015 – Foto: Laycer Tomaz / Câmara dos Deputados

A afirmação foi feita depois que o presidente se reuniu com o presidente da França, Emmanuel Macron, em busca de apoio para a defesa da Amazônia.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *