Cinco mil máscaras armazenadas por 14 anos são doadas após serem encontradas na cripta de uma igreja.

JBr.

Cinco mil máscaras N95 foram encontradas em um armazém localizado na cripta de uma igreja. O material, descoberto por um funcionário durante o trabalho de rotina, será doado pela Catedral Nacional de Washington.

Segundo a instituição, as máscaras foram compradas há mais de 10 anos, como precaução contra a gripe aviária. Mas o equipamento nunca foi usado e acabou sendo esquecido no local. O modelo de máscara encontrado pelos funcionários é o mais recomendado pela Organização Mundial da Saúde (OMS). O produto é mais anatômico e possui um filtro mais poderoso. Como outros equipamentos de combate ao coronavírus, as máscaras estão faltando em vários estabelecimentos.

Uma inspeção foi realizada para provar que as máscaras poderiam ser usadas. A instituição doou 13 caixas com 3.000 máscaras na quarta-feira ao Hospital Universitário de Georgetown e outras nove caixas com 2.000 kits ao Hospital Nacional da Criança. A Catedral informou que mantinha algumas unidades para uso durante o trabalho pastoral.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.