Com 3 gols de Deives, o Corinthians venceu Joinville e relançou a final de 2016 contra o Sorocaba | liga nacional de futsal

Com três gols marcados, o pivô Deives foi o destaque do duelo no Centerventos Cau Hansen. O goleiro Careca, autor de várias defesas, também teve um papel importante. A decisão ocorre nos próximos dois domingos, a partir das 18h. A primeira partida será na academia Wlamir Marques e a segunda na Votorantim, casa dos Sorocaba no LNF 2020.

Os gols do Joinville 1 x 3 Corinthians na semifinal da Liga Nacional de Futsal

Joinville melhor no começo

A primeira final da partida foi de Joinville. Em jogada individual pelo meio, Igor Carioca deixou dois marcadores para trás e chutou perto da trave. Bem fechado, o Corinthians se assustou aos quatro minutos, quando Andrei driblou Nenê e chutou por cima do gol. Às cinco, Leco deu um passo para a direita e encheu o pé. Atento, Careca fez a defesa.

Dieguinho tenta passar pelo Corinthians Corinthians – Foto: Juliano Schmidt / Joinville

Dois minutos depois, Caio levou Machado para a área, e o jogador do Joinville foi desarmado na hora da finalização. Aos oito, o Tricolor teve sua melhor chance. Após a reviravolta de Xuxa, Dieguinho desviou na área e fez um gol. Mesmo deprimido, o Careca fez uma defesa espetacular, salvando o Corinthians.

Aos nove, o Timão teve sua primeira chance na partida, quando Neguinho aproveitou a bola roubada no ataque, mas foi impedido pelo goleiro Willian de cara para o gol. Quatro minutos depois, o jogo foi interrompido devido a confusão entre os jogadores das duas equipes. Após a discussão, o árbitro expulsou a goleira do Corinthians Obina.

Empate no pênalti polêmico

Aos 13 anos, o Corinthians marcou seu primeiro gol. Depois de roubar a bola pelo meio, Deives recebeu da direita e rebateu rasteiro para fazer o 1 a 0. Não foi nem para comemorar. Um minuto depois, o árbitro viu um toque de Batalha na área e marcou um pênalti. Na cobrança, Genaro chutou pelo meio, Careca defendeu, e o pivô de Joinville deu o rebote: 1 a 1, placar da etapa.

Árbitro marca pênalti polêmico em Joinville x Corinthians pela Liga de Futsal

Árbitro marca pênalti polêmico em Joinville x Corinthians pela Liga de Futsal

A segunda parte começou truncada, com poucas chances para os dois lados. Só aos seis minutos, o Joinville entrou em perigo na jogada de Caio da esquerda. Bem colocado, Careca fez a defesa. O Corinthians respondeu a todos os sete, expulsando Jackson Samurai. Aos oito, foi a vez de Murilo quase marcar para o Timão. Willian salvou com o dedo do pé.

Aos 11 minutos, finalmente, veio o grito de libertação de Corinto. Após receber na lateral esquerda, Eder Lima cruzou, e Deives, sempre ele, apareceu na área para cobrir a rede. Em desvantagem, Joinville subiu ao topo, passando a atuar como goleiro a partir dos 12 anos. Aos 13, Careca fez mais uma defesa espetacular ao finalizar Genaro.

Careca deu muito trabalho no jogo – Foto: Juliano Schmidt / Joinville

Três minutos depois, Renatinho finalizou no meio e Genaro não aproveitou. Na sequência, Careca bateu na bola chutada por Machado. Aos 18, Jackson Samurai aproveitou o gol vazio e chutou de sua quadra. A bola atingiu a trave e saiu da linha de base. No tempo de luta, Joinville aumentou ainda mais a pressão nos minutos finais. Porém, foi o Corinthians quem voltou a marcar com Deives, carimbando com elogios o passaporte da decisão.

Após o hat-trick, Deives arriscou e rejeitou as críticas do Corinthians no início do campeonato: "Este grupo trabalhou em silêncio"

Após um hat-trick, Deives desabafou e rejeitou as críticas do Corinthians no início do campeonato: “Esse grupo trabalhou em silêncio”

Joinville: Willian, Andrei, Leco, Igor Carioca e Genaro. Inscritos: Dênnis, Caio, Crystian, Arthur, Rodriguinho, Douglinhas, Xuxa, Machado, Igor Costa e Dieguinho. Técnico: Daniel Júnior.

Corinthians: Calvo, Batalha, Nenê, Murilo e Deives. Entraram: Neguinho, Jackson Samurai, Daniel Airoso, Marcelo, Henrique, Higor, Éder Lima e Guilhermão. Técnico: André Bié.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *