Com programação completa, Domènec Torrent vem ao Brasil para assumir o Flamengo: “Vença, vença e vença” | Flamengo

A era do Domènec Torrent começou no Flamengo. O espanhol desembarcou no Rio de Janeiro no início da manhã e já estará treinando nesta segunda-feira. O avião aterrissou por volta das 5h40, conforme planejado, e cerca de 30 fãs aguardavam o sucessor de Jorge Jesús no local. Acompanhado pelos diretores Marcos Braz e Bruno Spindel, e seus três assistentes, o novo treinador segue para Ninho do Urubu para visitar as instalações, realizar uma conferência de imprensa (às 12h30) e ter o primeiro contato com o elenco. .

Na chegada, Dome, como ele gosta de ser chamado, declarou:

– Acho que já sei falar português perfeitamente. No Flamengo, temos que vencer, vencer e vencer. Porque o Flamengo é um dos maiores clubes do mundo. Então, acho que estamos prontos, prontos para tentar ganhar títulos e jogar bem. Estou muito feliz por fazer parte deste grande clube, desta grande nação. Acho que estou pronto para tentar ganhar títulos com essa grande multidão.

Domènec Torrent e Marcos Braz, Flamengo – Foto: André Durão / GloboEsporte.com

O espanhol também afirmou que pretende “respeitar” o trabalho de seu antecessor:

– O mais importante agora é respeitar o trabalho de Jorge Jesús, porque ele é um time vencedor. E então, pouco a pouco, mudarei um pouco as coisas. Mas a intenção é permanecer no Brasil por muitos anos. Quando estou feliz no clube e o clube está feliz comigo, quero fazer quatro, cinco anos … Quero poder dizer que vencemos e que o clube está muito feliz comigo.

Marcos Braz na chegada de Domènec Torrent, Flamengo – Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Sobre o nome, ele brincou:

– É muito mais fácil (me ligue) Domo (risos). Para os jogadores, para os fãs, para os treinadores. É mais fácil para todos.

Chegada de Domènec Torrent, treinador do Flamengo – Foto: André Durão / GloboEsporte.com

O vice-presidente de futebol, Marcos Braz, foi o primeiro a falar no patamar. Ele explicou por que o nome em espanhol foi escolhido depois que vários outros foram analisados ​​e disse que a viagem foi tranqüila.

– Tudo foi tranquilo, boa viagem, um pouco cansado, pessoal, mas o objetivo foi alcançado e esperamos que tudo corra bem nessa nova fase. A escolha foi devido à sua história em relação ao trabalho que ele fez em um grupo de Guardiola que participou, ele passou os últimos 10 anos entre os 10 maiores clubes do mundo, então acho que todo o contexto. Sensibilidade é a palavra. Se isso funcionará ou não é outra situação, disse Braz.

Marcos Braz, Domènec Torrent e Bruno Spindel, Flamengo – Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

Em relação à personalidade do novo treinador, apesar da breve convivência, Braz afirmou:

– Ela é uma pessoa calma, calma, não há muito o que explodir. Acho que não, tenho certeza de que é disso que precisamos. Vamos torcer para que tudo corra bem – disse o gerente da Fla TV.

Dome, como seus atletas costumam chamá-lo, entra no Brasil exatamente duas semanas após Jorge Jesús partir para Portugal. Curiosamente, o vôo que levou os espanhóis deixou Lisboa, onde o Senhor vive. O Flamengo será o segundo emprego de Torrent como treinador depois de mais de uma década como assistente de Pep Guardiola.

Cerca de 30 fãs foram ao Galeão para aguardar a chegada do novo treinador – Foto: Fred Huber

O novo comandante vermelho-preto está livre no mercado desde o final de 2019, quando deixou a cidade de Nova York na Major League Soccecr. Domènec Torrent chega ao Flamengo acompanhado por Jordi Guerrón, assistente técnico, Jordi Gris, analista de performance e preparador físico Julián Jiménez. Restaram sete portugueses e quatro espanhóis chegaram.

Domènec Torrent já entrou em contato com membros da comissão técnica brasileira para conhecer o trabalho realizado nos últimos dez dias por Maurício Souza. O técnico do Sub-20, por outro lado, está atento a qualquer necessidade de participar do processo de transição. A manutenção é ainda debatida entre os profissionais.

– Quando você quer, você se aproxima, pergunta, sempre aprende. Tenho certeza que alguns profissionais do Flamengo aprenderam com Jesus, tenho certeza de que também aprenderão agora, mesmo que ele fosse brasileiro, disse Braz ao chegar.

Marcos Braz e Domènec Torrent, Flamengo – Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

O diretor executivo de futebol Bruno Spindel explicou que a principal preocupação era manter a filosofia ofensiva.

– O objetivo é sempre manter títulos vencedores e buscar vitórias. O ponto principal era manter a filosofia do futebol agressivo e ofensivo. Temos plena confiança no Dome por sua história, idéias e tudo o que fez em sua carreira. Também temos total confiança no grupo, vencedor, que conquistou títulos. Continuaremos neste caminho de vitórias e títulos. O futebol ofensivo e agressivo está no DNA do clube, dos atletas e do Dome.

Domènec Torrent e Marcos Braz, Flamengo – Foto: André Durão / ge

Spindel também falou sobre a projeção internacional do clube com a chegada de outro técnico europeu:

– Acho que nosso futebol acaba indo para o mundo todo, o Flamengo tem falado em páginas de esportes em toda a Europa, em todo o mundo. O que vai manter isso em andamento são os títulos, vamos lutar por todos eles. Estou certo de que o Domo está pronto, ele é uma pessoa muito calma. Na entrevista, ele falou sobre como planeja traçar seu caminho e se juntar ao grupo Flamengo, pouco a pouco.

O Flamengo já entrou na documentação e aguarda a regularização do Torrent no BID para que ele esteja no banco de reservas para a estreia no Brasil. No domingo, o clube começa a defender o título da competição contra o Atlético-MG, às 16h (horário de Brasília), no Maracanã.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *