Como futebol e política se entrelaçam no Brasil pós-eleitoral polarizado Global Voices

Brasil entrará na Copa do Mundo ainda politicamente polarizado e com sentimentos contraditórios em relação à seleção | Arte do Global Voices

A eleição presidencial fortemente polarizada que terminou com o ex-presidente de esquerda Luiz Inácio Lula da Silva ganhar a presidência do brasil sobre o titular de extrema-direita Jair Bolsonaro transbordou da arena política para o campo de futebol, com jogadores de futebol famosos, ativos e aposentados, pesando sobre os candidatos.

estrelas como Neymar Jr, Juninho Pernambuco, e os campeões mundiais de 1994 romário e bebeto eles expressaram seu apoio ao candidato preferido e alguns até se envolveram nas campanhas e misturaram futebol e política antes da Copa do Mundo no Catar.

A relação de muitos brasileiros com a seleção e sua camisa é confusa há algum tempo: o clássico uniforme amarelo tornou-se um símbolo associado à direita e à extrema-direita e estava ligado a atos antidemocráticos após a eleição, alimentando uma falsa narrativa sobre erros no sistema eleitoral.

No país que costumava ser chamado de “o país do futebol”, onde o jogo é considerado um paixão nacionalOs jogadores de futebol brasileiros parecem cada vez mais alinhado à direita politicamente, o que, no cenário atual, significa Bolsonaro.

Em entrevista ao AFPO historiador João Malaia diz que esse perfil expressa o crescimento que a direita, especialmente a extrema-direita, obteve no Brasil recentemente. Isso sugere que, à medida que muitos jogadores se tornam milionários da noite para o dia, eles começam a se identificar com o discurso de direita, apesar de suas origens humildes.

Ele explica retórica de Bolsonaro “Está muito alinhado no sucesso individual, na capacidade de cada um superar todas as suas dificuldades. E quando você olha para a carreira de um jogador de futebol, eles são um exemplo desse tipo de discurso”.

Futebol e política sempre foram estranhos companheiros de cama em todo o mundo. Ela remonta à segunda Copa do Mundo em 1934, A Itália estava sob um regime fascista. que ele usou o torneio para bajular seus cidadãos. Em 2018, a Rússia sediou a Copa do Mundo, com críticos apontando que o torneio era usado para propaganda do governo de Putin. E isso é especialmente evidente no estado sul-americano de Brasil.

Datado de 1970, o então governo militar liderado pelo presidente Emilio G. Medici impôs sua liderança na seleçãoformação e seleção de ‘s – com o Escolher ganhando um terceiro título em 12 anos

movimentos antifascistas Entre os torcedores eles também marcaram posição nos últimos anos, fazendo eco a outros grupos do passado.

Único time da liga principal a parabenizar Lula pela eleição, o Corinthians, de São Paulo, estava por trás de uma jogada de 1982 chamada Democracia Corinthiana (Democracia do Corinthians), comandado por jogadores como Sócrates, Casagrande, entre outros.

Eles representavam uma força política que buscava acabar com a ditadura militar, enfatizando a relação entre futebol e política. Usando sua influência, ele reuniu torcedores para o clube e preferiu candidatos presidenciais.

Jogadores pró-Bolsonaro

Thiago Silva declara apoio a Jair Bolsonaro nas redes sociais

Imagem de Thiago Silva cortesia de Jovenm Pan (e WhatsApp)

Bolsonaro usou o futebol durante sua gestão como uma ferramenta para se mostrar um cara normal, como todo mundo. Apesar de se declarar um torcedor do palmeirenseele frequentemente posa vestindo camisas de outros times brasileirosmesmo rivais, e aparece nos estádios para assistir às partidas.

Mas ele também procurou jogadores atuais e antigos durante seu governo. Neymar da Silva Santos Júnior, mais conhecido como neymaré talvez o melhor exemplo.

Neymar, que atualmente joga no Paris Saint-Germain (PSG) na França, reforçou seu apoio a Bolsonaro em setembro passado e apoiou seu campanha de mídia social.

Alguns vincularam o apoio aos problemas de dívida de Neymar ao IRS do Brasil. Pai de Neymar se reuniu com Bolsonaro e o ministro da Economia, Paulo Guedes em 2019 para discutir o assunto. o atual presidente negado perdoando o atleta, mas entre os torcedores que se opuseram a Bolsonaro o canto “Ei, Neymar, você vai ter que declarar” popularizou-se nos últimos dias da campanha.

Thiago Silvaque joga pelo Chelsea na Premier League inglesa, também usou as redes sociais para declarar seu apoio a Bolsonaro, compartilhando mensagens paralelas aos slogans da campanha de Bolsonaro.

Deus, pátria, família e liberdade. Espero que a democracia seja respeitada e que todos possam exercer livremente a sua cidadania.

Outro jogador famoso no Brasil, daniel alvesusou o slogan em sua página do Instagram:

Rivaldo, campeão com a seleção no Copa do Mundo Japão x Coreia do Sul 2002Ele também usou as redes sociais para apoiar o voto pró-Bolsonaro:

“Os pecados de uma nação fazem com que seus governantes mudem, mas a ordem é mantida por um líder sábio e sensato” – Provérbios 28:2

Ronaldo de Assis Moreiramais conhecido como Ronaldinho Gaúcho, também campeão no copa do mundo 2002Ele é outro jogador de futebol ligado a Bolsonaro.

O ex-presidente nomeou-o Embaixador do Turismo em 2019e tinha arquivos relacionados a negociações sobre sua libertação selado por 100 anos, após ser acusado de viajar com um passaporte falso para o paraguai em 2020.

Pró Lula P See Morecamadas

Por outro lado, o presidente eleito Lula, um fiel seguidor do Corinthianstambém apresentava jogadores atuais e aposentados e ex-técnicos apoiando sua candidatura.

Juninho Pernambucomais conhecido por seu tempo no Equipe francesa Olympique Lyonnaisdisse em entrevista ao jornal El Paísem 2018, sentiu nojo de ver jogadores de futebol apoiando a direita e Bolsonaro.

Quando o entrevistador pediu que ele fizesse um paralelo entre futebol e política, ele respondeu:

O futebol está tão perdido quanto o Brasil. A diferença é que o futebol ainda tem o talento a seu favor e pode demorar menos para sair do buraco.

O futebol está tão perdido quanto o Brasil. A diferença é que o futebol continua com o talento a seu favor e pode demorar menos para sair do buraco.

Nas eleições deste ano, ele engajado na campanha de Lula e chegou a afirmar em um post no Twitter que foi ele quem falou com Lula ao telefone logo após a confirmação de sua vitória:

Eu estava na linha parabenizando e pedindo bênçãos ao papai.

Raí, outro jogador de futebol aposentado, fez a gesto de mão referindo-se a Lula e mostrando seu apoio durante seu discurso na cerimônia de premiação internacional que leva o nome de seu irmão mais velho, o ídolo do Corinthians. Sócrates. Ele é parte da equipe de transição do governo agora.

O “Prémio Sócrates”, prémio da FIFA que distingue jogadores de futebol envolvidos em causas sociais, foi atribuído ao jogador senegalês, sadio mane em sua edição inaugural.

Entre os da nova geração Lula estão Igor Julianoque joga em Portugal, e Paulinho, jogador do Bayern Leverkusen, da Alemanha, que fez história ao comemorar um gol com a seleção brasileira homenageando exu:

O melhor presidente da história está de volta

vanderlei luxemburgotreinador brasileiro que comandou a Seleção Brasileira e o Real Madridtambém apoiou Lula:

Parabéns @lulaoficial! O Brasil merece ser feliz novamente. Obrigado a todos os brasileiros que entraram em campo e jogaram como nunca antes para alcançar esta vitória. #LulaPresidenteDoBrasil

O Brasil é a única seleção presente em cada edição da Copa do Mundo e a que mais títulos conquistou até agora – cinco no total – e uma das principais candidatas à Copa 2022.

Mesmo com as eleições encerradas, o o país ainda está dividido com manifestantes chorando por intervenção militar. Uma pesquisa recente mostra que um em cada quatro brasileiros Ele diz se ressentir da camisa amarela por causa da política, e nas ruas a época da Copa não é mais sentida como antes, como apontou o jornalista Fabio Victor:

O final do ano está chegando. Estamos a poucos dias de uma Copa do Mundo. Em outros tempos, haveria euforia e festa por todos os lados. Mas as ruas continuam com um ar triste. O país ficou tão doente nos últimos quatro anos que a convalescença também será longa, o que é triste.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.