como ter duas contas de usuário no MIUI

Agência Brasil

Missão diplomática visita zona de regularização fundiária na Amazônia

Delegação do governo federal e diplomatas de diversos países visitaram nesta quinta-feira (5) uma área de regularização territorial localizada na Amazônia Legal. Esta visita faz parte do programa missionário do Conselho Nacional da Amazônia Legal para mostrar o trabalho dos ministérios e outros órgãos federais em áreas urbanas e remotas da região. “Viemos mostrar um projeto onde há regularização fundiária e, como resultado, preservação. Esse é o grande propósito. Agora temos mais de 500 mil famílias assentadas na Amazônia, que ainda não têm o título de propriedade e por isso não têm acesso a financiamento, assistência técnica e acabam tendo uma exploração predatória da região ”, explicou o vice-presidente, Hamilton. Mourão. “Nosso objetivo aqui é libertá-los para que vejam com os próprios olhos o que está acontecendo na Amazônia”. A fazenda faz parte do Projeto de Colonização Integrada Bela Vista (PIC), coordenado pelo Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra), que abriga famílias assentadas em uma área de aproximadamente 785 mil hectares, ocupados desde 1971. Atualmente, do Dos 1.311 lotes georreferenciados, 446 receberam a titulação definitiva, dos quais 97% são pequenas propriedades (menos de 400 hectares). O Vice-Presidente da República, Hamilton Mourão, visita o Projeto Bela Vista de Colonização Integrada (PIC), em Manaus – Bruno Batista / VPR Instalada no município de Iranduba (AM), a 18 quilômetros de Manaus, a fazenda produz limão, laranja, tangerina, coco, mamão e safras sazonais, além da piscicultura. A produção é destinada a feiras, mercados, supermercados e hotéis em Manaus. Segundo o Ministério da Agricultura, a Fazenda Santa Rosa, considerada um modelo no estado para conciliar produção agrícola inovadora, sustentabilidade, turismo e educação ambiental. Segundo a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina, a expectativa do governo é ampliar essas regularizações fundiárias. “[Essa missão] significa tanto para o Amazonas quanto para o Brasil a importância de um assentamento que deu certo. Então, vemos que quando a regularização vier logo, as pessoas estarão em condições de tomar crédito, administrar seu patrimônio e gerar riqueza, não só para o município, mas para o estado e famílias. O importante são as pessoas e isso é muito claro para nós ”, disse o ministro. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, destacou que a visita é uma oportunidade para o governo brasileiro apresentar, na prática, a atuação das políticas públicas na Amazônia. “Os embaixadores estão vendo qual é a realidade da nossa Amazônia, um território que está 84% preservado, uma população de 23 milhões de brasileiros que vivem, infelizmente, com o pior índice de desenvolvimento humano do país. Então, essa contradição de ter a região mais rica, com os mais pobres, exige uma solução que seja de prosperidade e que tenha sido confirmada pelos embaixadores ”, argumentou o ministro. “É preciso mostrar o que é a realidade, precisamos melhorar a qualidade de vida das pessoas, ter o brasileiro no centro das políticas públicas e, cuidando das pessoas, estaremos cuidando do meio ambiente”. Para o embaixador da União Européia (UE) no Brasil, Ignacio Ybañez Rubio, a visita é uma oportunidade para definir acordos de cooperação internacional. “[O convite] Foi uma oportunidade para entender e ver melhor as dificuldades que a região tem que enfrentar e, claro, definir áreas de cooperação. Há preocupação, principalmente na Europa, e no próprio Brasil, com os números do desmatamento, os focos de incêndios no ano passado e neste ano são preocupantes. Mas a resposta que o governo brasileiro deu com a criação do Conselho da Amazônia, enfrentando a situação e tentando encontrar uma solução é uma boa receita para a situação ”, avaliou. Missão A visita da delegação segue até esta sexta-feira (6) e inclui visitas às cidades de São Gabriel da Cachoeira e Maturacá, ambas no estado do Amazonas. A delegação também é formada por diplomatas de diversos países e chanceleres, Ernesto Araújo; Saúde, Eduardo Pazuello; do Gabinete de Segurança Institucional, Augusto Heleno; do Chefe do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas do Ministério da Defesa, Tenente. Brigue. Air Raul Botelho, e o senador Nelsinho Trad (PSD-MS).

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *