Conheça o medalhista olímpico brasileiro Fernando Scheffer

Medley no pódio: conheça o medalhista olímpico brasileiro Fernando Scheffer

O Swimming World está de olho nos medalhistas olímpicos em nossa nova série “Podium Potpourri”, que começou com a edição de fevereiro (Maggie Mac Neil). o próximo é Fernando Scheffer. Ele é um medalhista olímpico do Brasil, conquistando a medalha de bronze nos 200m livre em Tóquio.

QUAL É A SUA MÚSICA PUMP-UP ANTES DE CHEGAR ATRÁS DOS BLOCOS?

Não ouço música atrás dos blocos ou na sala de preparação porque gosto de me concentrar em meus pensamentos e no que estou sentindo e visualizar a corrida perfeita. A visualização é a maneira mais rápida de ativar minhas capacidades emocionais e mentais para um bom desempenho. Preciso me concentrar 100% em mim e na minha carreira para conseguir isso.

EXISTIU ALGUM OUTRO ESPORTE QUE VOCÊ PARTICIPOU QUANDO VOCÊ ERA JOVEM? ALGUMAS MEMÓRIAS SE DESTACAM?

Eu nunca participei de outros esportes quando criança, mas a coisa mais próxima seria andar de bicicleta quando eu era jovem! Na verdade, eu costumava andar de bicicleta para treinar na minha cidade natal, Canoas.

ONDE VOCÊ GUARDA SUA MEDALHA OLÍMPICA?

Eu guardo na minha gaveta de meias (haha). Gosto de tê-lo em um lugar acessível para poder olhar e segurar quando quiser… para poder sentir novamente o que senti quando o ganhei. Eu gosto de fazer isso porque me motiva a ir atrás desse sentimento mais uma vez.

DESCREVA O TEMPO QUE VOCÊ ESTAVA NO PÓDIO.

Visualizei aquele momento tantas vezes, mas nem minha própria mente conseguia imaginar o quão poderoso aquele momento seria. Naquele momento, tudo em que eu conseguia pensar era esticá-lo o máximo que podia porque era tão especial e poderoso. Lembro-me de até jogar meu boné e meus óculos de proteção no fundo da piscina depois que a corrida acabou para que eu pudesse ficar um pouco mais na água. Eu só queria aproveitar aquele momento para sempre.

No próprio pódio, me senti ao lado de 210 milhões de brasileiros e, quando vi a bandeira sendo hasteada, senti meu corpo todo vibrar. Ela estava focada em aproveitar o momento e estar muito presente. foi muito especial

QUAL É O TEU LIVRO FAVORITO?

Ultimamente, tenho passado a maior parte do meu tempo livre lendo e aprendendo a tocar violão. Meu livro favorito de 2021 foi essencialismo por Greg McKeown.

COMPARE-SE COM UM SUPER-HERÓI: QUAL E POR QUÊ?

Batman e Homem-Aranha. Batman porque ele é um dos poucos super-heróis que não tem um superpoder inerente, mas treinado para adquirir as habilidades que ele tem… e Homem-Aranha porque ele é o mais “humano” dos super-heróis, mas recebeu um presente que ele usa para o melhor de suas habilidades. possível para os outros. Eu gosto dessas coisas neles.

ANTES DOS JOGOS OLÍMPICOS, QUAL FOI O MAIOR MOMENTO DA SUA CARREIRA E POR QUÊ?

O recorde mundial do revezamento 4×200 livre no Campeonato Mundial SCM 2018. O mais interessante desse momento é que surpreendemos a todos nadando na raia 7. Não levamos nem uma equipe 4×200, foi uma combinação de meninos da seleção nacional que deram o passo. Além disso, as equipes do segundo e terceiro lugares quebraram o recorde mundial. Uma semana antes, prometemos um ao outro que quebraríamos esse recorde mundial!

O QUE ESTÁ A SEGUIR PARA VOCÊ?

Copas do Mundo em Budapeste este ano!

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.