Coronavírus: visitas às prisões federais suspensas

JBr.

As visitas a todas as prisões federais do país foram suspensas pelo Departamento Prisional Nacional pelos próximos 30 dias. A medida, publicada nesta terça-feira (24) no Diário Oficial da União (DOU), foi tomada devido à pandemia de coronavírus.

Dessa forma, os detidos ficarão sem visitas familiares e serviços jurídicos até 24 de abril, no início. Educação, trabalho, assistência religiosa e escolta também são suspensos em estabelecimentos correcionais federais.

Exceções são a assistência de advogados em casos de urgência ou envolvendo prazos processuais não resolvidos e escoltas de solicitações judiciais. O objetivo da portaria é alcançar “a prevenção, controle e contenção dos riscos do novo coronavírus”.

Depen entende que, se não houver casos de infecção nas prisões, o ideal seria isolar os presos para que o vírus não entre nas prisões.

As prisões são obrigadas a adotar as medidas necessárias para alcançar um maior isolamento dos presos com mais de 60 anos de idade ou com doenças crônicas.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa Esteves

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *