Cuba estreia hoje contra a República Dominicana na Copa Pan-americana de vôlei



Havana, 13 de setembro .- A seleção cubana feminina estreia hoje contra a República Dominicana, no primeiro dia da XIX edição da Copa Pan-Americana sênior de vôlei, com sede até o próximo domingo, em Santo Domingo.

Segundo o site www.norceca.net, os jovens discípulos de Joel Olazabal e Leivis García abrirão as ações contra os dominicanos, na fase preliminar pelo sistema de todos contra todos e com a participação de seis times pertencentes à Zona Centro-americana do Norte, Central e do Caribe.

A seleção cubana partiu neste sábado para a nação Quisqueyana e neste domingo foi realizada a reunião técnica da competição, com a qual se inicia o processo de qualificação para os Jogos Pan-americanos do Chile 2023 e atribuição de pontos para o ranking da Federação Internacional.

Na reunião, Olazábal disse que “temos uma equipa jovem que ia participar no Mundial Sub-20, mas a pandemia complicou-nos”.

Nesse sentido, explicou, “o nosso objetivo é dar a oportunidade de jogar a estas meninas, que não jogam um torneio desde 2019 e estão ansiosas por jogar”.

Sobre o objetivo da seleção, ele destacou que “o objetivo é chegar à posição mais alta possível, somar pontos para o ranking e lutar contra o resto das equipes”.

Por seu turno, Marcos Kwiek, director técnico da República Dominicana, disse que “temos um plantel de 21 jogadores e o nosso plano, por jogarmos em casa, é colocar uma equipa competitiva no dia a dia e dar aos jogadores mais jovens a oportunidade para os fãs os conhecerem ”.

Temos uma grande responsabilidade, pois acabamos de ganhar o Campeonato NORCECA e precisamos lidar com essa pressão enquanto fazemos um bom show de voleibol para os fãs desfrutarem. “

Na terça-feira os cubanos enfrentam o Canadá, e depois seguem contra o México (quarta-feira), Estados Unidos (quinta-feira) e Porto Rico (sexta-feira), no final da fase preliminar e com uma etapa no Pavilhão Ricardo – Gioriver – Arias de Voleibol . .

Para o sábado, as partidas da quinta e sexta colocação, e as semifinais do crossover entre os ocupantes da segunda e terceira, e da primeira e quarta colocação, estão agendadas para domingo para discutir as medalhas de bronze e ouro.

Os Estados Unidos auxiliam com o ttricampeão sobre 2017, 2018 e 2019, com rival das finais na República Dominicana.

A seleção dos EUA aparece como a maior vencedora da história do evento com sete medalhas, seguido por Cuba e a República Dominicana (ambos quatro medalhas)e brasil (três medalhas). (ACN) (Foto: Arquivo)

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *