Dani Alves: jogador de futebol brasileiro preso por agressão sexual



CNN

estrela do futebol brasileiro Daniel Alvessob investigação sob a acusação de agressão sexual, ele foi enviado para a prisão na sexta-feira por um juiz espanhol, disse a assessoria de imprensa do Tribunal Superior de Justiça da Catalunha em um comunicado.

“O juiz de instrução número 15 do Barcelona recebeu hoje, como detido, o futebolista Dani Alves, acusado por uma mulher de alegada agressão sexual, em factos que teriam ocorrido numa discoteca barcelonesa no passado mês de Dezembro”, refere. . .

“O magistrado decretou prisão preventiva sem direito a fiança, pelo processo em curso por crime de agressão sexual”, diz o comunicado. Mas o juiz permitiu que Alves tivesse comunicações enquanto estava na prisão, acrescentou.

A mulher que apresentou a denúncia contra Alves depôs na sexta-feira perante o magistrado, bem como uma testemunha, segundo a assessoria de imprensa do tribunal. Essas foram aparições separadas a portas fechadas perante o juiz e também separadas da acusação de Alves.

O advogado da mulher apresentou uma acusação particular contra Alves, permitida pela lei espanhola, que se soma à acusação do procurador do Estado, disse a assessoria de imprensa do tribunal. O depoimento separado da mulher e de Alves na sexta-feira contou com a presença de seu advogado, o advogado de defesa de Alves, o promotor estadual e o magistrado, acrescentou a assessoria de imprensa.

Mas o conteúdo do depoimento da mulher não foi divulgado pelo magistrado, segundo a assessoria de imprensa do tribunal.

O mesmo juiz de instrução anunciou na semana passada que estava a ser aberta uma investigação contra Alves, devido às denúncias, informou na altura a assessoria de imprensa.

Alves, de 39 anos, foi detido na sexta-feira pela polícia regional catalã, informou a assessoria de imprensa da polícia à CNN. Ele falou com policiais em uma delegacia de polícia de Barcelona e foi levado em um carro da polícia para o tribunal do outro lado da cidade, informou a assessoria de imprensa da polícia.

Ele permaneceu sob custódia da polícia e, horas depois, foi levado a tribunal.

Alves, em um vídeo gravado de si mesmo que enviou a um repórter espanhol que foi ao ar em um programa de televisão espanhol, “Y Ahora Sonsoles”, há duas semanas, disse que negava as acusações contra ele. A Reuters também informou que Alves nega qualquer irregularidade.

Alves é um dos jogadores de futebol mais condecorados de sua geração, tendo conquistado títulos nacionais na Espanha, Itália e França. Ele também ganhou três títulos da Liga dos Campeões com o Barcelona.

A equipe mexicana Club Universidad Nacional (UNAM) anunciou na sexta-feira a rescisão imediata do contrato de Alves.

“O Clube Nacional Universitário tomou a decisão de rescindir o contrato de trabalho do jogador Daniel Alves com justa causa a partir desta data”, anunciou o presidente do clube, Leopoldo Silva, em conferência de imprensa.

“Com esta decisão, o clube reitera o seu compromisso de não tolerar atos de qualquer membro da nossa instituição, sejam eles quais forem, que atentem contra o espírito universitário e os seus valores”, disse Silva.

“Não podemos permitir que a conduta de uma única pessoa prejudique nossa filosofia de trabalho, que tem sido um exemplo ao longo da história na formação e desenvolvimento de jovens atletas em nosso país”, concluiu Silva.

You May Also Like

About the Author: Jonas Belluci

"Viciado em Internet. Analista. Evangelista em bacon total. Estudante. Criador. Empreendedor. Leitor."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.