Depois do esquema do Bitcoin e da prisão, Ronaldinho Gaúcho fatura R $ 1 milhão com publicidade em ônibus

Ronaldinho Gaúcho não voltou a campo, mas já está ganhando dinheiro com publicidade. O famoso jogador foi recentemente contratado por Buser, uma espécie de ‘uber bus’, para fazer um ‘pagode surpresa’ em uma ação publicitária.

Detido por seis meses no Paraguai, Ronaldinho Gaúcho também teve seu nome associado a um esquema de Bitcoins, chamado Ronaldinho 18k. Longe da prisão domiciliar e de volta ao Brasil, O ex-jogador da Seleção Brasileira vai faturar R $ 1 milhão em publicidade da Buser.

Este é o primeiro anúncio do astro a ir ao ar no Brasil depois que ele e seu irmão foram presos no Paraguai. Os dois foram detidos por seis meses fora do país depois que a polícia paraguaia encontrou documentos falsos com eles.

A campanha publicitária foi até adiada devido à saúde de Ronaldinho Gaúcho. Com o coronavírus, foi necessário aguardar a recuperação do jogador para que o vídeo promocional com ele fosse gravado para Buser.

Ronaldinho Gaúcho na Buser

O jogador Ronaldinho Gaúcho foi escolhido pela plataforma Buser para estrelar uma campanha publicitária de viagens interestaduais oferecida pela empresa. De acordo com a divulgação, a estrela cantará um ‘pagode surpresa’ para os usuários dentro de um ônibus que pertence à empresa.

Ronaldinho Gaúcho deve aparecer de surpresa em um ponto de ônibus, como se estivesse esperando um Buser. Imediatamente após a chegada do ônibus, as celebridades devem fazer um passeio e serão vistas cantando com os usuários da plataforma.

Conhecido como “uber bus”, o Buser oferece viagens interestaduais de baixo custo para passageiros que compartilham o custo da viagem.. No total, Ronaldinho Gaúcho receberá R $ 1 milhão para aparecer no anúncio do ônibus, que poderá até ser veiculado na Globo.


ônibus rosa é uma marca registrada da Buser (reprodução / Facebook)

Prisão no paraguai

Durante seis meses, Ronaldinho Gaúcho e seu irmão foram detidos em Assunção, Paraguai. Entre a prisão convencional e domiciliar, a dupla foi detida durante os meses de março e agosto de 2020.

Os irmãos Assis foram presos com documentos falsos que desencadearam uma investigação que resultou na prisão dos envolvidos. Ronaldinho Gaúcho e seu irmão estavam em um hotel em Assunção no momento em que foram presos pela polícia.

No entanto, em 25 de agosto de 2020, o ás e seu irmão foram condenados a abandonar a prisão domiciliar naquele país. Logo após a decisão, Ronaldinho Gaúcho e seu irmão voltaram ao Brasil.

E quatro meses após sua prisão, Ronaldinho Gaúcho vai estrelar uma campanha publicitária que arrecadará R $ 1 milhão em honorários para o famoso futebolista brasileiro.

Esquema Bitcoin

Além da prisão por posse de documentos falsos no Paraguai, o nome do ás já se envolveu em um esquema de Bitcoin. Batizada de Ronaldinho 18k, a fraude usou o nome do jogador com a promessa de ganhos fáceis em investimentos em criptomoedas..

No entanto, a empresa parou de pagar aos investidores em 2019, e muitos deles estão entrando com ações judiciais. Um desses processos cita o nome do jogador Ronaldinho Gaúcho como “garoto-propaganda” para Ronaldinho de 18k, e pede mais R $ 300 milhões em danos em uma ação coletiva.

Embora o jogador tenha afirmado que não tem mais vínculos com o esquema, o nome da estrela foi amplamente utilizado pela empresa que prometia lucros fáceis com o Bitcoin.

Enquanto isso, a campanha publicitária de Ronaldinho Gaúcho para Buser vai ao ar em breve. A gravação da campanha está ocorrendo em São Paulo – SP, mas o local exato não foi revelado para evitar multidões.

Consulte Mais informação:

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *