Deputado participa de festa e é preso por suspeita de agressão policial

JBr.

O deputado estadual Gustavo Schmidt (PSL) foi preso por suspeita de agredir um policial militar na madrugada desta sexta-feira (27). O congressista afirma que ele agiu em legítima defesa.

O caso ocorreu na região metropolitana de Niterói, no Rio de Janeiro. Depois de um relatório de moradores que estavam desconfortáveis ​​com o barulho de uma festa, a polícia militar entrou em cena.

Segundo as autoridades, Gustavo havia atacado a polícia, até quebrando os óculos de um deles. Além disso, depois de ser encaminhado ao departamento de polícia, o deputado alegadamente desafiou o delegado que estava de plantão.

Gustavo disse que participou de uma celebração com menos de 20 pessoas e afirmou que não atacou os agentes, mas foi atacado e agiu em legítima defesa. O congressista também disse que agentes o ameaçaram.

Segundo a polícia militar, vários moradores denunciaram a festa. Não apenas pelo barulho, mas também pela superlotação de pessoas, o que é proibido devido à pandemia de coronavírus.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.