Deputado pede suspensão do período das competições durante calamidade

Nesta quarta-feira (25), o deputado estadual Claudio Abrantes apresentou, na Câmara Legislativa do Distrito Federal (CLDF), uma indicação e um projeto de lei que afeta os competidores do Distrito Federal.

A indicação solicita ao governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, a suspensão do prazo de validade dos editais em vigor no DF, até que o país deixe o estado de calamidade pública decretado pelo Congresso Nacional, devido à pandemia causada pela coronavírus.

O projeto de lei, por sua vez, autoriza o governador do Distrito Federal a suspender o prazo de validade dos editais em vigor no mesmo período. A idéia é usar esse recurso se a medida anterior causar algum dano às ofertas.

Ambas as propostas visam salvaguardar os direitos dos licitantes públicos. “É uma época em que toda a atenção é focada na preservação da vida, através da prevenção do contágio. Dessa forma, todas as fases, como testes e avaliações que fazem parte do processo natural de licitação, são paralisadas “, explicou o líder do governo na Câmara. “E, com o passar do tempo, os prazos desses candidatos estão se esgotando, sem que eles possam avançar em suas competências. Com exceção da saúde, assistência social e segurança, todas as áreas estão paralisadas “, acrescentou.

Outro aspecto muito importante contemplado, tanto pela indicação quanto pela nota fiscal, é a economia para os cofres públicos, evitando despesas, o que tem impacto no contribuinte. “Se aprovamos candidatos, aguardando a conclusão de algumas fases, não há razão para o prazo final dessas competições, devido à calamidade, e temos que fazê-lo novamente, com todas as despesas novamente”, afirmou Claudio Abrantes.

Finalmente, o membro do parlamento ressalta que a realização de novas competições, a partir do zero, pode atrasar a contratação de funcionários. “Também queremos impedir que a reorganização do pessoal, que já ocorreu, seja comprometida”, concluiu. Ambas as propostas passarão pela sessão plenária da Câmara.

You May Also Like

About the Author: Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *