Destaque: Desenvolvimentos no segmento de ouro no Brasil

As mineradoras de ouro com operações no Brasil estão avançando em projetos ou mesmo iniciando a produção neste ano, pois o combate ao garimpo ilegal vai se intensificar.

“O ouro é um material diferente de muitos outros na área de mineração, porque é visto como um mecanismo para preservar o valor, preservar o capital. entra no radar dos investidores”, disse Valdir Farias, diretor executivo da consultoria de mineração Fioito, à BNamericas.

“Estamos vendo um interesse crescente de empresas que querem investir mais no setor de ouro no Brasil e acredito que mais projetos serão anunciados ao longo deste ano, além dos já anunciados”, acrescentou Farias.

A BNamericas apresenta as principais informações divulgadas pelas empresas do setor.

AURA MINERAIS

mineiro de ouro canadense minerais da auraespera um aumento na produção global como almas projeto no estado do Tocantins inicia produção no segundo trimestre.

borborema no Rio Grande do Norte, que a Aura adquiriu depois de assumir o controle da Big River Gold da Austrália, é outro projeto importante.

No ano passado, a Aura produziu 242.524 onças de ouro equivalente e tem como meta 400.000 onças de ouro equivalente em 2024 e 450.000 onças de ouro equivalente em 2025. No 4T22, a produção atingiu 67.663 onças de ouro equivalente, em comparação com 76.827 onças de ouro equivalente há um ano.

“O final de 2022 foi um trimestre importante, pois avançamos em nosso entendimento sobre o projeto Borborema e atualizamos nossa orientação… Agora estamos preparados para um 2023 ainda mais forte, com foco contínuo no crescimento e retorno de capital aos nossos acionistas”, disse o CEO . Rodrigo Barbosa disse em um comunicado recente.

TRISTAR

baseado nos EUA ouro tristar espera obter a licença ambiental para seu projeto de US$ 261 milhões castelo dos sonhos projeto no estado do Pará no terceiro trimestre.

“A equipe da TriStar se reuniu com os órgãos reguladores do Ministério do Meio Ambiente do Pará (Semas) em Belém para confirmar a situação e os prazos para o recebimento da licença”, segundo comunicado recente.

“A equipe de licenciamento da Semas nos informou que o projeto Castelo de Sonhos está no topo da linha para análise do EIA. Eles continuam comprometidos com uma visita técnica ao local em março de 2023, que é o próximo grande evento, para revisar nossas práticas de gestão ambiental e engajamento social e confirmar as descobertas do EIA”.

A empresa solicitou a licença em julho de 2022. A licença de instalação, que permitirá a construção da planta de processamento e infraestrutura, e a licença de operação também estão sendo avaliadas.

tristar tem estudos avançados de relevância de cavernas e iniciará estudos arqueológicos detalhados.

A produção média é estimada em 121.000 onças/ano ao longo de 11 anos.

JAGUAR

mineração de onçaUma empresa júnior de exploração, desenvolvimento e mineração de ouro listada no Canadá que opera no Brasil com três complexos, planeja produzir entre 84.000 onças e 88.000 onças este ano.

A produção anual consolidada de ouro em 2022 foi de 80.968 onças e 83.878 onças em 2021.

“Após um início de ano lento, tanto no terceiro quanto no quarto trimestre de 2022, nossas duas minas operaram de forma estável e cada uma forneceu fluxo de caixa positivo. Os esforços para reduzir os custos gerais diante da alta inflação começaram a surtir efeito no segundo semestre do ano Os esforços de crescimento continuam focados em nosso Faina Resource [in Minas Gerais state] em que um esforço significativo foi despendido em 2022”, CEO vern padeiro dizendo em uma declaração recente.

“O projeto Faina continua avançando com o trabalho de avaliação econômica preliminar a ser concluído no primeiro semestre do ano e o trabalho de pré-viabilidade progredindo até 2023”, acrescentou.

G MINERAÇÃO

júnior canadense G mineradoras está desenvolvendo o Tocantinzinho projeto no estado do Pará.

A conclusão O trabalho de engenharia de detalhamento está previsto para o primeiro semestre, enquanto a construção deve ser concluída no 1S24 e a produção comercial deve começar no segundo semestre de 2024.

A G Mining garantiu um pacote de financiamento de US$ 481 milhões para financiar totalmente o desenvolvimento, construção e start-up.

ASHANTI ANGLO GOLD

Em negociações para vender sua mina brasileira Córrego do Sítio, operada pela AGA Mineração, “AngloGold Ashanti está continuamente em processo de revisão de oportunidades de melhoria em seu portfólio de ativos ao redor do mundo. Como parte desse processo, está conversando com empresas do setor, avaliando as melhores opções para o Córrego do Sítio, em Santa Bárbara, em Minas Gerais”, disse a empresa à BNamericas em recente e-mail.

“No momento, há apenas discussões sobre propostas e possibilidades para o local. No momento, não há conclusão”, acrescentou.

O Córrego do Sítio está em operação desde 1989 e é composto por uma mina a céu aberto e uma mina subterrânea.

MINERAÇÃO ILEGAL

Para enfrentar o garimpo ilegal, a associação ibram e funcionários públicos recentemente se reuniram e discutiram, entre outras questões, como o Ministério das Relações Exteriores poderia ajudar a quebrar a cadeia de produção e venda ilegal de ouro. O Brasil é um dos 10 maiores exportadores de ouro do mundo.

“O comércio ilegal de ouro alimenta uma aliança criminosa no Brasil, que é responsável por parte da devastação que vemos na Amazônia, algo que o mundo está assistindo. Um dos países que mais compra ouro do Brasil é a Suíça. Estive recentemente em Genebra para discutir esse assunto e a adoção da certificação para importação de minerais, com rastreabilidade de origem”, disse o diretor do Ibram, Raul Jungmann, em comunicado recente.

Enquanto isso, a Comissão da Bolsa de Valores (CVM) priorizará a fiscalização de certificados e corretoras de valores, por meio das quais se acredita que o ouro extraído ilegalmente seja lavado.

Segundo estudo da ONG de sustentabilidade Instituto Escolhas, em 2021 foram produzidas ilegalmente 52,8 t de ouro, o valor mais recente disponível, 25% a mais do que em 2020. Em 2021, a produção nacional de ouro atingiu 194 t, gerando 27 bilhões de reais (US US$ 5,3 bilhões) em receita, 8% a mais que em 2020, segundo o Ibram.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *