DF apresenta o primeiro caso de morte pelo novo coronavírus

JBr.

Em uma nova atualização dos casos de coronavírus no Distrito Federal, realizada nesta sexta-feira à noite (27), a GDF representou a primeira morte pela doença na capital federal.

Ele tem 46 anos e morava na Rota do Cavalo, em Sobradinho. A vítima foi à UPA na região com febre e dificuldade em respirar. Lá, ele teve uma crise respiratória e morreu. O homem já tinha histórico de diabetes e hipertensão.

Novo decreto

O governador Ibaneis Rocha emitiu um decreto liberando novos estabelecimentos a abrir durante o período de distância social devido ao novo coronavírus.

De acordo com o decreto emitido na sexta-feira à noite, lojas de conveniência e mini-mercados serão abertos nos postos de gasolina, com o consumo de produtos no local e a disponibilidade de mesas e cadeiras proibidas.

O governador também seguiu o decreto de Bolsonaro, que coloca as agências de loteria como serviços essenciais, e lançou a abertura de estabelecimentos bancários e correspondentes.

Em todos os estabelecimentos que permanecem abertos, é necessária uma distância mínima de dois metros entre todas as pessoas, bem como o fornecimento de equipamentos de segurança e gel de álcool para todos os funcionários.

You May Also Like

About the Author: Adriana Costa

"Estudioso incurável da TV. Solucionador profissional de problemas. Desbravador de bacon. Não foi possível digitar com luvas de boxe."

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.