Diretor da La Liga afirma: “Barcelona e Real Madrid estão bem acima de Messi e Cristiano Ronaldo” | futebol internacional

A possibilidade da saída de Lionel Messi do Barcelona causou reações em todo o mundo, mas nada como na Espanha, onde o craque argentino já foi 10 vezes campeão nacional com o Barcelona. Entre os protestos da torcida em frente ao Camp Nou, as manifestações dos jogadores nas redes sociais, os dirigentes espanhóis também expressaram sua opinião. Além de ex-jogador, Fernando Sanz também é cartola. O diretor do Programa de Embaixadores e Lendas da La Liga disse em uma entrevista à GE que clubes centenários como Barcelona e Real Madrid estão acima de qualquer jogador.

Fernando Sanz comparou a situação que o clube catalão vive hoje com a do Real há quase três anos, quando Cristiano Ronaldo decidiu jogar pela Juventus na Itália.

O ex-jogador de futebol Fernando Sanz comenta a possível saída de Messi do Barcelona

– Há alguns anos aconteceu a mesma coisa com o Cristiano Ronaldo, certo? E todos eles disseram: “Nossa, e agora? O que vai acontecer com a Liga agora que acabou?” Depois de dois, quase três anos, eu te pergunto … Aconteceu alguma coisa? Não, nada aconteceu. O Real Madrid continua sendo o Real Madrid, ainda está no topo, ainda consegue trazer grandes jogadores. Se o Messi sair, será o mesmo. Jogadores importantes chegarão ao Barça, e a seleção continuará a competir muito bem a nível nacional e europeu.

Os torcedores do Barcelona invadem Camp Nou em protesto e pedem que Messi fique

Fernando Sanz é filho de Lorenzo Sanz, ex-presidente do Real Madrid que morreu em março deste ano de coronavírus. Desde pequeno, o ex-zagueiro do Real Madrid acompanha de perto as mudanças no futebol, as despedidas de ídolos, e entende a importância de vestir a camisa de um dos dois clubes mais importantes do país.

– Estamos falando de instituições, clubes de futebol com mais de 100 anos, com uma trajetória incrível. Passaram pelo Real Madrid Di Stefano, Butraguenõ, Raúl, Hugo Sánchez. Já passaram por Barcelona Kubala, Cruyff, Stoichkov, Koeman … Todos foram embora e nada aconteceu. Os melhores jogadores continuam chegando e a instituição continua a mesma, com força cada vez maior, revelando e mostrando grandes talentos.

Cristiano Ronaldo ingressou na Juventus em 2018 e Messi pode deixar o Barcelona no final deste mês – Foto: Agências internacionais

LaLiga é a segunda liga de futebol mais rica do mundo, depois da Premier League inglesa. Se a saída de Lionel Messi for confirmada nos próximos dias, Fernando Sanz sentirá falta dele. Mas ele sabe que o show deve continuar.

– Messi vai embora e o futebol continua. Claro que você tem que agradecer muito a ele, e o mesmo vale para Cristiano Ronaldo. Mas acho que bem acima de Messi, bem acima de Cristiano, Stoichkov, Kubala, Cruyff, estão o Real Madrid e o Barcelona. Muito acima.

You May Also Like

About the Author: Gabriela Cerqueira Corrêa

"Solucionador de problemas do mal. Amante da música. Especialista certificado em cultura pop. Organizador. Guru do álcool. Fanático por café."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *