Djokovic defende-se contra zebra, vence Zverev e enfrenta Dominic Thiem na semifinal das finais da ATP | tênis

Número 1 no ranking mundial da ATP (Association of Professional Tennis Players), o sérvio Novak Djokovic venceu o alemão Alexander Zverev por 2 sets a 0 (6/3 e 7/6 parciais)[4]), em uma hora e 36 minutos, em partida válida pelo grupo “Tokyo 1970” e avançou para a semifinal da Final ATP, em Londres. Quem vencesse passaria para a próxima fase.

Na semifinal, o craque enfrentará o austríaco Dominic Thiem, contra quem leva vantagem no confronto direto (sete vitórias e quatro derrotas). Na outra ponta da chave, Rafael Nadal enfrenta Daniil Medvedev. Os duelos acontecem neste sábado.

Djokovic e Thiem decidiram pelo título do Aberto da Austrália nesta temporada, em janeiro, e o líder do ranking triunfou em cinco sets. O sérvio busca o sexto título do torneio que fecha a temporada.

Novak Djokovic no jogo contra Alexander Zverev – Foto: Clive Brunskill / Getty Images

Djokovic começou devastador. Depois de confirmar rapidamente seu saque no jogo de abertura, ele quebrou o saque de Zverev na primeira oportunidade que teve. Sem choques, o sérvio confirmou o resto a seguir e abriu 3/0 em 11 minutos da partida.

Apenas no quarto jogo o alemão, vice-campeão do US Open nesta temporada, se soltou. Com quatro pontos consecutivos, ele finalmente confirmou seu saque pela primeira vez.

Com 3/1 e 15/0, Djokovic e Zverev marcaram o primeiro grande ponto do jogo. Com direito de lançamento na rede, defesa de voleio e grande agilidade até a finalização do Alemão. Em breve, porém, o número 1 do mundo fechou a porta a qualquer reação e confirmou que o serviço será aberto em 4/1.

Apesar do aparente domínio de Djokovic, no sétimo jogo ele se viu diante de dois break points para Zverev. Lá, ele mostrou porque lidera o ranking mundial e tem 17 troféus de Grand Slam. Agressivo, ele conquistou cinco pontos consecutivos para virar o jogo e fazer 5/2. Minutos depois, ele ganhou a vantagem ao fechar o primeiro quarto em 6/3, em 33 minutos.

Zverev confirmou o saque na abertura do segundo set. Com mais volume de jogo, o alemão pressionou Djokovic no quarto jogo e teve chance de quebrar, mas desperdiçou. O parcial continuou sem quebrar o serviço e muito equilibrado. A definição era para o desempate.

O alemão começou com 2/0 no placar, mas Djokovic logo se recuperou e empatou tudo e 2/2. A partir daí, o sérvio subiu a barra e, de forma bastante agressiva, chegou a 6/4. E aproveitou o primeiro match point que teve para fechar a partida e avançar para a semifinal contra o Thiem.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado Castilho

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *