Dominantes Agatha e Duda navegam para a vitória no circuito brasileiro

A equipe venceu os seis jogos entre sexta e domingo no centro de treinamento da Federação Brasileira de Voleibol em Saquarema, terminando o torneio com 12 sets vencidos e apenas um perdido na campanha pela medalha de ouro.

Sua participação na disputa pela medalha de ouro foi uma demonstração de seu jogo sólido ao longo do torneio, já que Agatha e Duda, que são parceiras desde 2017, dominaram as veteranas do FIVB Vôlei de Praia World Tour Talita Antunes e Carolina Salgado. para uma vitória de 2-0 (21-12, 21 -12).

Duda recebe durante jogo chuvoso pela medalha de ouro em Saquarema (Foto: Wander Roberto / Inovafoto / CBV).

Os brasileiros, que atualmente ocupam o terceiro lugar no ranking mundial da FIVB, mostraram forma semelhante em sua única participação internacional em 2020, quando venceram o torneio Rey de la Cancha em Utrecht, na Holanda, em setembro.

“Esta é a nossa quarta final em cinco torneios que disputamos desde o retorno da competição”, comentou Agatha, eleita a melhor jogadora da final. “E o melhor de tudo, depois de cada torneio ainda voltamos ao desenho e descobrimos onde podemos melhorar, certamente não estamos sentados em nossos resultados. Jogamos contra uma equipe muito forte e experiente na final e tivemos que fazer um estratégia diferente, que felizmente funcionou a nosso favor. “

A última partida do torneio, nas instalações à beira-mar, no norte fluminense, foi disputada sob forte chuva. O que poderia ter sido difícil para ambas as equipes foi visto por Agatha e Duda como uma oportunidade de melhorar.

“Procuramos não pensar muito no tempo, sempre que saímos para jogar queremos nos divertir, não importa se é um dia chuvoso ou ensolarado”, acrescentou Duda. “Isso é vôlei de praia, então tentamos aproveitar essas coisas como motivação e uma oportunidade para sair da nossa zona de conforto.”

As atuais campeãs Ana Patricia Ramos e Rebecca Cavalcanti terminaram em terceiro lugar para garantir sua terceira medalha em quatro torneios após derrotar Elize Maia Secomandi e Thamela Coradello em sets diretos por 2 a 0 (21-16, 21-19). O time teve uma semana difícil com Ana Patricia torcendo o tornozelo esquerdo nas quartas de final e sabendo do falecimento de seu padrinho durante o torneio.

“Esta foi uma das semanas mais difíceis da minha vida”, refletiu. “Mas isso só me tornou mais forte. Odeio perder mais do que tudo, mas desistir nunca é uma opção e estou orgulhoso de como vencemos todas essas adversidades para terminar a semana com um bom resultado. ”

Talita / Carolina, Agatha / Duda e Ana Patricia / Rebecca durante a cerimônia de premiação (Foto: Wander Roberto / Inovafoto / CBV).

Os homens irão a Saquarema na próxima semana para o quarto torneio da temporada, de 26 a 29 de novembro. No primeiro final de semana de dezembro, as mulheres vão disputar novamente, desta vez na capital do país, Brasília, a quinta e última prova de 2020.

You May Also Like

About the Author: Ivete Machado

"Introvertido. Leitor. Pensador. Entusiasta do álcool. Nerd de cerveja que gosta de hipster. Organizador."

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *